0

Índices europeus interrompem sequência de 5 quedas com recuperação de tecnologia e bancos italianos

21 nov 2018
16h00
atualizado às 16h15
  • separator
  • 0
  • comentários

Os índices acionários europeus subiram nesta quarta-feira em uma recuperação ampla na qual o setor de tecnologia avançou após fortes vendas generalizadas provocadas por preocupações sobre a demanda por iPhone e bancos italianos avançaram.

Operadores durante pregão na Bolsa de Frankfurt, na Alemanha
21/11/2018
REUTERS/Staff
Operadores durante pregão na Bolsa de Frankfurt, na Alemanha 21/11/2018 REUTERS/Staff
Foto: Reuters

O índice FTSEurofirst 300 subiu 1,12 por cento, a 1.400 pontos, enquanto o índice pan-europeu STOXX 600 ganhou 1,14 por cento, a 355 pontos, interrompendo uma sequência de cinco dias de queda.

O índice alemão DAX saltou 1,6 por cento, seu dia mais forte desde 26 de julho.

Os índices conseguiram manter os ganhos da abertura, algo em que eles não foram bem-sucedidos por vários dias, conforme um mercado baixista global diminuiu o apetite de investidores por ações.

Os bancos italianos chegaram a avançar 2,6 por cento, depois da informação de que o vice-primeiro ministro Matteo Salvini pode estar aberto a revisar a proposta do governo para o Orçamento de 2019, alimentando esperanças de que o país possa evitar um embate com a União Europeia.

O índice manteve os ganhos iniciais apesar de Salvini dizer, depois, que não estava aberto a negociar o déficit previsto no Orçamento da Itália de 2,4 por cento do PIB.

Os bancos fecharam em alta de 2,4 por cento, depois de atingir a mínima de dois anos na véspera.

O índice FTSEurofirst 300 fechou em alta de 1,12 por cento, a 1.399 pontos.

Em LONDRES, o índice Financial Times avançou 1,47 por cento, a 7.050 pontos.

Em FRANKFURT, o índice DAX subiu 1,61 por cento, a 11.244 pontos.

Em PARIS, o índice CAC-40 ganhou 1,03 por cento, a 4.975 pontos.

Em MILÃO, o índice Ftse/Mib teve valorização de 1,41 por cento, a 18.731 pontos.

Em MADRI, o índice Ibex-35 registrou alta de 1,06 por cento, a 8.960 pontos.

Em LISBOA, o índice PSI20 valorizou-se 0,63 por cento, a 4.859 pontos.

Reuters Reuters - Esta publicação inclusive informação e dados são de propriedade intelectual de Reuters. Fica expresamente proibido seu uso ou de seu nome sem a prévia autorização de Reuters. Todos os direitos reservados.
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade