1 evento ao vivo

Índices acionários da China fecham em alta após dados sinalizarem recuperação forte da indústria

27 jan 2021
07h37
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator

O mercado acionário da China fechou em alta nesta quarta-feira, com as ações de bancos e indústrias liderando os ganhos, depois que dados positivos do setor industrial sugeriram recuperação sustentada.

Prédio da Bolsa de Xangai. REUTERS/Aly Song/File Photo
Prédio da Bolsa de Xangai. REUTERS/Aly Song/File Photo
Foto: Reuters

O índice CSI300, que reúne as maiores companhias listadas em Xangai e Shenzhen, ganhou 0,27%, enquanto o índice de Xangai teve alta de 0,11%, deixando de lado preocupações de que autoridades passarão a adotar uma postura de maior aperto para conter os ganhos nos preços de ações.

Dados oficiais desta quarta-feira mostraram que os lucros nas empresas industriais da China cresceram pelo oitavo mês seguido em dezembro. O país asiático é a única grande economia no mundo a evitar contração em 2020, com o Produto Interno Bruto crescendo 2,3% no ano.

O subíndice do setor bancário do CSI300 teve alta de 1,41%, enquanto o industrial saltou 2,07%. . Em TÓQUIO, o índice Nikkei avançou 0,31%, a 28.635 pontos.

. Em HONG KONG, o índice HANG SENG caiu 0,32%, a 29.297 pontos.

. Em XANGAI, o índice SSEC ganhou 0,11%, a 3.573 pontos.

. O índice CSI300, que reúne as maiores companhias listadas em XANGAI e SHENZHEN, avançou 0,27%, a 5.528 pontos.

. Em SEUL, o índice KOSPI teve desvalorização de 0,57%, a 3.122 pontos.

. Em TAIWAN, o índice TAIEX registrou alta de 0,27%, a 15.701 pontos.

. Em CINGAPURA, o índice STRAITS TIMES valorizou-se 0,45%, a 2.958 pontos.

. Em SYDNEY o índice S&P/ASX 200 recuou 0,65%, a 6.780 pontos.

Veja também:

Mulher é presa com 11 quilos de maconha na rodoviária de Cascavel
Reuters Reuters - Esta publicação inclusive informação e dados são de propriedade intelectual de Reuters. Fica expresamente proibido seu uso ou de seu nome sem a prévia autorização de Reuters. Todos os direitos reservados.
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade