0

Ibovespa cai 2,49% em dia de mau humor com cenário doméstico

5 jun 2018
15h25
atualizado em 2/7/2018 às 14h45
  • separator
  • comentários

O mercado brasileiro de ações foi fortemente afetado pelo sentimento de aversão ao risco doméstico e o Índice Bovespa fechou em queda de 2,49%, aos 76.641,72 pontos. Um conjunto de fatores contribuiu para o mau humor dos investidores, mas entre os ingredientes mais indigestos do dia estiveram as incertezas quanto à política de preços da Petrobras e o quadro eleitoral indicando polarização entre candidatos considerados populistas. Nesse cenário, a alta do dólar para além dos R$ 3,80 e a esticada da curva de juros foram motivos de estresse no mercado de ações. As ações mais penalizadas ao longo do dia foram as do setor financeiro, que amargaram perdas expressivas, de até 6,37%. Esse foi o caso de Banco do Brasil ON, importante termômetro do risco político na Bolsa. Petrobras ON e PN caíram 3,00% e 5,36%, respectivamente. Eletrobras ON e PNB, papéis de outra estatal, despencaram 7,81% e 8,15%. "Foi um dia nervoso, descolado do mercado externo. O que se percebe é que cada vez mais as eleições estão fazendo preço, principalmente depois da greve dos caminhoneiros, que expôs a fragilidade do governo", disse Hersz Ferman, economista da Elite Corretora. Segundo o economista, parte do mau humor vem também da constatação de que o governo Temer, que se apresentava como liberal, reformista e de gestão profissional, agora parece ter jogado tudo fora. "E o apoio popular à greve dos caminhoneiros evidenciou que os eleitores se mostram resistentes a reformas", disse. "Com um quadro fiscal doméstico muito ruim e o cenário externo apontando para a redução do diferencial de juros, o Brasil vai perdendo atratividade aos olhos do investidor estrangeiro", afirmou. Pela manhã e ao longo do restante do dia, os mercados repercutiram a pesquisa de intenção de voto do DataPoder360, que mostrou o deputado Jair Bolsonaro (PSL) na liderança de todos os cenários, seguido pelo ex-ministro Ciro Gomes (PDT). Nenhum dos dois é considerado alinhado a uma pauta reformista. Já os candidatos de centro, como Geraldo Alckmin (PSDB), seguem com dificuldades em deslanchar. Uma nova pesquisa de intenção de voto, desta vez do Datafolha, deve ser divulgada no próximo domingo, 10. Na última sexta-feira, dia em que Pedro Parente oficializou sua saída da Petrobras, os investidores estrangeiros retiraram R$ 912,366 milhões da B3. Naquele dia, o Ibovespa fechou em alta de 0,63%, mas as ações da Petrobras caíram quase 15%. Com esse resultado, o saldo líquido de capital estrangeiro na B3 em 2018 está negativo em R$ 4,924 bilhões.

Estadão

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade