2 eventos ao vivo

Governo indica candidatos ao conselho da Petrobrás

Eleições ocorrerão na Assembleia Geral Ordinária de 25 de abril de 2019

25 mar 2019
10h11
atualizado às 10h28
  • separator
  • comentários

A Petrobrás divulgou na manhã desta segunda-feira, 25, os nomes dos candidatos indicados pelo acionista controlador, representado pela União Federal, para o Conselho de Administração (CA), cujas eleições ocorrerão na Assembleia Geral Ordinária de 25 de abril de 2019.

São eles: Eduardo Bacellar Leal Ferreira, presidente do Conselho de Administração, e os membros do conselho: Roberto da Cunha Castello Branco, João Cox, Nivio Ziviani e Alexandre Vidigal de Oliveira.

Eduardo Bacellar Leal Ferreira é Almirante de Esquadra e foi Comandante da Marinha do Brasil até janeiro de 2019.
Eduardo Bacellar Leal Ferreira é Almirante de Esquadra e foi Comandante da Marinha do Brasil até janeiro de 2019.
Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil / Estadão Conteúdo

Eduardo Bacellar Leal Ferreira é Almirante de Esquadra e foi Comandante da Marinha do Brasil até janeiro de 2019. Além da Escola Naval, Leal Ferreira recebeu treinamento de nível superior na Escola de Guerra Naval do Brasil e na Academia de Guerra Naval do Chile. Foi também instrutor na Academia Naval de Annapolis, dos EUA.

Já Castello Branco, o atual presidente da petrolífera, é graduado em economia, com doutorado na Fundação Getulio Vargas (FGV EPGE) e pós doutorado na University of Chicago. Participou de programas de treinamento executivo da Sloan School of Management (MIT) e International Institute for Management Development (IMD). Foi diretor na Vale, Banco Central do Brasil, Banco Boavista, Banco Boavista Investimentos e Banco InterAtlântico. Foi membro do Conselho de Administração da Petrobrás entre maio de 2015 e abril de 2016.

Por sua vez, João Cox é economista com especialização em economia petroquímica pela Universidade de Oxford, Reino Unido. Foi presidente da Telemig Celular e da Claro. Cox possui experiência como membro do Conselho de Administração de diversas companhias, como Tim Brasil, onde é Presidente do Conselho, Tim Participações, Embraer, Linx e Braskem.

Outro candidato, Nivio Ziviani é Engenheiro Mecânico pela Universidade Federal de Minas Gerais (1971), Mestre em Informática pela Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro (1976) e Ph.D. em Ciência da Computação pela Universidade de Waterloo, Canadá (1982).

E por fim, Alexandre Vidigal de Oliveira é Doutor em Direito com titulação no exterior (UC3M) e convalidação pela Universidade de Brasília-UnB. É Secretário de Geologia, Mineração e Transformação Mineral do Ministério de Minas e Energia, desde janeiro de 2019. Foi Juiz Federal de 1991 a 2019, tendo exercido suas funções de magistrado na Justiça Federal no RS, PR, MT e Brasília, e atuado predominantemente nas áreas do Direito Constitucional, Administrativo, Tributário, Penal e Previdenciário.

Veja também

Coreia do Sul cria medida para lidar com "zumbi de celular"

 

Estadão
  • separator
  • comentários
publicidade