0

Governo autoriza comercializadora Ecom a importar energia da Argentina e Uruguai

12 jun 2019
09h36
atualizado às 10h09
  • separator
  • comentários

O Ministério de Minas e Energia autorizou a comercializadora Ecom Energia a realizar operações de importação de eletricidade da Argentina e do Uruguai, de acordo com portaria publicada no Diário Oficial da União desta quarta-feira.

Torre de transmissão de energia elétrica 29/08/2019 REUTERS/Ueslei Marcelino
Torre de transmissão de energia elétrica 29/08/2019 REUTERS/Ueslei Marcelino
Foto: Reuters

A autorização é válida até 31 de dezembro de 2022 e as importações não deverão afetar a segurança do sistema elétrico brasileiro, segundo critérios do Operador Nacional do Sistema (ONS).

A importação da Argentina deverá ocorrer por meio das estações conversoras de frequência de Garabi I e II, com até 2.200 megawatts de potência e respectiva energia elétrica associada, e da conversora de frequência de Uruguaiana, com até 50 megawatts de potência e respectiva energia.

Já as importações junto ao Uruguai ocorrerão pela estação conversora de frequência de Rivera, com até 70 megawatts de potência e energia, e da estação conversora de Melo, com até 500 megawatts, de acordo com a autorização.

Reuters Reuters - Esta publicação inclusive informação e dados são de propriedade intelectual de Reuters. Fica expresamente proibido seu uso ou de seu nome sem a prévia autorização de Reuters. Todos os direitos reservados.

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade