1 evento ao vivo

Gestora tem fundos com ativos internacionais

Geo Capital foca em papéis de empresas como Google, Tag Heuer, Mont Blanc, Ferrari e Walt Disney

26 mai 2019
05h10
  • separator
  • 0
  • comentários

Aprova de que a oferta ao investidor tem ficado mais rica vem de gestoras como a Geo Capital, cujos fundos são compostos por ativos globais, de empresas como Google, Tag Heuer, Mont Blanc, Ferrari e Walt Disney, entre outras. Há opções com e sem o risco cambial, dependendo do apetite do investidor.

"A Geo nasceu da vontade de termos, para nossos próprios recursos, uma forma de investir em ações não brasileiras", afirma Gustavo Aranha, presidente da Geo Capital. "O investidor brasileiro é 100% focado em ativos nacionais e diversificam em retorno, mas não em risco. Carteiras sem papéis de outros países são incompletas."

Em 2015, quando abriu os primeiros fundos para captação, tinha R$ 100 milhões sob gestão. Hoje, tem perto de R$ 800 milhões. Ao contrário das concorrentes, porém, precisou montar um time robusto de vendas porque a diversificação geográfica está longe de ser uma regra para assessores e plataformas.

Nascida sob as novas tecnologias, como os competidores, tem investido em ferramentas de análises de dados de larga escala.

"Controlamos todo processo de investimento, mas há algoritmos que analisam os dados abundantes disponíveis de maneira mais eficiente", diz.

Estadão
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade