1 evento ao vivo

Gabinete da China planeja mais ações para estimular indústria, diz mídia estatal

3 jan 2020
09h02
atualizado às 10h08
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator

O gabinete da China divulgou nesta sexta-feira mais medidas para impulsionar o setor de manufatura, incluindo corte das tarifas de eletricidade e telecomunicações que os produtores pagam ao governo, informou a TV estatal.

Bandeira chinesa em frente ao Pavilhão da China, em Xangai
15/12/2010
REUTERS/Alfred Jin
Bandeira chinesa em frente ao Pavilhão da China, em Xangai 15/12/2010 REUTERS/Alfred Jin
Foto: Reuters

Em uma reunião presidida pelo premiê chinês Li Keqiang, o gabinete disse que as instituições financeiras vão aumentar os empréstimos de médio a longo prazo para a indústria e que os cortes de impostos para o setor serão bem implementados, segundo a Televisão Central da China.

A China também ampliará um esquema para abrir o setor de serviços ao capital privado, criando mais empregos para jovens, especialmente os graduados, segundo o gabinete.

Veja também:

Bolsonaro fala em 'cartão vermelho' para quem sugere congelar aposentadorias e enterra Renda Brasil
Reuters Reuters - Esta publicação inclusive informação e dados são de propriedade intelectual de Reuters. Fica expresamente proibido seu uso ou de seu nome sem a prévia autorização de Reuters. Todos os direitos reservados.
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade