PUBLICIDADE

Fundador da Archegos é condenado em julgamento criminal por colapso de fundo de investimentos

10 jul 2024 - 18h44
Compartilhar
Exibir comentários

O fundador da Archegos Capital Management, Sung Kook "Bill" Hwang, foi condenado pelo júri em um tribunal federal de Manhattan nesta quarta-feira, em um julgamento criminal no qual os promotores o acusaram de manipular o mercado antes do colapso da sua firma de investimento privado de 36 bilhões de dólares em 2021.

Os jurados começaram as deliberações na manhã de terça-feira, um dia depois de ouvirem os argumentos finais do julgamento de Hwang e de Patrick Halligan, seu vice na Archegos e corréu. Os promotores disseram que Hwang e Halligan mentiram aos bancos para obter bilhões de dólares que utilizaram para aumentar artificialmente os preços das ações de várias empresas de capital aberto. O julgamento começou em maio.

O derretimento da Archegos abalou Wall Street e atraiu a atenção de órgãos reguladores em três continentes.

Hwang, de 60 anos, se declarou inocente de uma acusação de conspiração para cometer extorsão, três de fraude e sete de manipulação de mercado. Hwang foi condenado em 10 das 11 acusações.

Halligan, de 47, se declarou inocente de uma acusação de conspiração para cometer extorsão e duas de fraude. Halligan era o chefe financeiro da Archegos. Halligan foi considerado culpado de todas as acusações.

Eles agora podem pegar 20 anos de prisão por cada acusação pelas quais foram condenados, mas as sentenças provavelmente serão bem menores e serão impostas pelo juiz com base em vários fatores.

O juiz distrital Alvin Hellerstein marcou o anúncio da sentença para 28 de outubro. Os dois homens permanecerão em liberdade sob fiança.

Reuters Reuters - Esta publicação inclusive informação e dados são de propriedade intelectual de Reuters. Fica expresamente proibido seu uso ou de seu nome sem a prévia autorização de Reuters. Todos os direitos reservados.
Compartilhar
TAGS
Publicidade
Seu Terra












Publicidade