0

5 dicas para começar 2021 com a carteira arrumada!

9 fev 2021
10h00
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator

O ano que passou, de fato, mexeu com todas as famílias, principalmente quando o assunto foi... grana. Um período atípico, que trouxe muitos desafios e aprendizados, sobretudo, no quanto faz diferença ter um bom planejamento financeiro quando situações inesperadas acontecem. 

Mais do que experiência, sentimentos vividos na pele e no dia a dia, ficou claro aquilo que devemos priorizar e também termos uma educação financeira para viver uma vida mais saudável, sem apuros e estresse, quando o calo aperta. 

Foto: Divulgação iStock

Bom, 2020 ficou para trás, 2021 já começou e sabemos que todo começo de ano também traz mais gastos. Um reflexo do final do ano, Natal, período de promoções e presentes, IPTU, IPVA, aumento da inflação, desemprego causado pela pandemia, entre outras contas que vão chegando e só vemos o resultado desta avalanche no início do próximo ano. 

Mas não se assuste! Nós separamos 5 dicas valiosas para você começar 2021 com a carteira arrumada e, o mais importante, saudável. Afinal, um novo ano se inicia, são 365 oportunidades para você evoluir, prosperar e cuidar ainda mais das suas finanças. Confira! 

1. Avalie o seu planejamento para o ano

O primeiro passo é fazer um levantamento do que foi feito no ano passado: o que deu certo? O que não deu? Nesta etapa, é possível entender como modificar as ferramentas ou caminhos para chegar na meta que você deseja, sempre alinhada à proposta do seu novo planejamento financeiro. 

2. Reveja as despesas desnecessárias

Faça uma análise dos serviços que você comprou e não está utilizando. Um exemplo: academia. Quantas vezes você tem ido? Adquiriu algum serviço de streaming e não usa com frequência? O que é mais possível cortar? Gastos desnecessários devem ser revistos sempre que possível. Fazendo esses pequenos ajustes já dá um alívio na carteira! 

Avalie o seu planejamento para o ano
Avalie o seu planejamento para o ano
Foto: Divulgação iStock

3. Renegocie dívidas 

Se ao fazer essa análise para 2021 você percebeu que a conta não fecha, busque opções para sair do vermelho. Registre o valor exato das dívidas, entre em contato com os credores para negociar ou adquira um empréstimo pessoal. Aqui vale uma dica extra: ao finalizar as suas dívidas, acompanhe os seus gastos e parcelamentos para que você não volte para o vermelho. 

4. Analise os seguros

Pode parecer uma situação incomum, mas muitas pessoas não sabem que seguros têm suas coberturas. Com essa falta de informação, pode ocorrer duplicação nos seguros, pesando de forma desnecessária no seu bolso. Revise! Além disso, a mensalidade de seguros, mais o crédito habitação, podem ter um grande impacto no final do mês – além da mensalidade do próprio empréstimo. Reveja esses seguros e procure soluções mais vantajosas. 

5. Poupe em 2021!

Não há como fugir de uma boa poupança. Avalie quanto você pode guardar de dinheiro. Quanto mais cedo você se organiza financeiramente, mais cedo você colhe os frutos desse esforço e dedicação. Se preferir, estipule um valor automático, assim você garante que todo mês entrará um valor (estipulado conforme você fez seu planejamento). Havendo emergências, a grana estará guardada ali para uso.

Colocar as finanças em dia é fundamental, principalmente na hora de planejar as metas para um novo ano. Quem não quer começar 2021 no azul? 

Se você está sentindo falta daquela sensação “de colocar a ordem em casa” em relação às suas finanças, a hora é agora! 

Organização, sucesso e saúde financeira a você em 2021. E não se esqueça: se grana tá curta para tirar seus sonhos do papel, a Vivo te empresta! Conheça mais sobre o serviço do Vivo Money. Prático, rápido e digital. Clique aqui

Fonte: TC
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade