0

Favorito à presidência da Argentina diz a rádio que peso em 60 por dólar "parece bom"

15 ago 2019
10h30
  • separator
  • 0
  • comentários

O candidato da oposição argentino, Alberto Fernández, disse nesta quinta-feira que o nível do peso a 60 por dólar é um nível bom, logo depois da moeda acumular uma queda de 25% desde sua vitória nas eleições primárias no domingo.

O candidato à presidência da Argentina Alberto Fernandez discursa durante eleições primárias em Buenos Aires
11/08/2019
REUTERS/Agustin Marcarian
O candidato à presidência da Argentina Alberto Fernandez discursa durante eleições primárias em Buenos Aires 11/08/2019 REUTERS/Agustin Marcarian
Foto: Reuters

"O peso a 60 por dólar me parece bom", disse Fernández em entrevista à Radio Mitre.

No entanto, esses comentários podem se mostrar inadequados caso a moeda caia ainda mais. O peso, que operava próximo da estabilidade após abrir às 10h, fechou com queda de 7,14% na quarta-feira, a 60,2 por dólar.

A volta da Argentina à crise ocorre em meio à volatilidade generalizada e aos temores de uma recessão global desencadeada pela guerra comercial entre China e Estados Unidos e pelos protestos que acontecem em Hong Kong. Os mercados emergentes têm sido particularmente prejudicados pela volatilidade nos mercados globais.

Na Argentina, o índice de ações Merval afundou 34,47% desde domingo.

Na quarta-feira, Macri anunciou uma série de subsídios sociais e cortes de impostos para trabalhadores de baixa renda, numa reviravolta desconfortável para um presidente que assumiu o cargo em 2015 prometendo cortar os subsídios públicos e corrigir o que chamou de anos de má administração econômica esquerdista.

Macri prometeu aumentar o salário mínimo, temporariamente congelar os preços da gasolina e aumentar o piso do imposto de renda em 20%.

As novas medidas, que custariam cerca de 678 milhões de dólares, permitiriam um corte de impostos para dois milhões de trabalhadores no valor de cerca de 2.000 pesos (33 dólares) por mês por pessoa, segundo o governo.

Reuters Reuters - Esta publicação inclusive informação e dados são de propriedade intelectual de Reuters. Fica expresamente proibido seu uso ou de seu nome sem a prévia autorização de Reuters. Todos os direitos reservados.
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade