PUBLICIDADE

Falsificar vacinação pode dar um ano de prisão nos EUA

Presidente Joe Biden faz apelo pela vacinação, a que chama de ‘ato patriótico’.

28 dez 2021 06h00
ver comentários
Publicidade
77% das pessoas com mais de cinco anos receberam pelo menos uma vacina nos EUA
77% das pessoas com mais de cinco anos receberam pelo menos uma vacina nos EUA
Foto: Reprodução

Agora virou lei: falsificar, fabricar, vender ou comprar cartões falsos de vacinação para Covid pode dar um ano de prisão em Nova York.

A governadora Kathy Hochul assinou a lei Truth in Vaccination, que torna a falsificação de cartões de vacinação uma contravenção e a adulteração de registros de computador relacionados à vacina um crime, informa a rede NBC.

Cartões de vacinação falsos podem ser encontrados à venda na Internet. Ao tornar a falsificação um crime estadual, Nova York pode processar diretamente o culpado, em vez de permitir que a polícia federal cuide do caso.

Vale lembrar que tanto no Brasil quanto por lá existem aplicativos de smartphone para comprovar o estado de vacinação sem ter que levar um cartão físico com você.

Nos Estados Unidos, pouco mais de 77% das pessoas com mais de cinco anos receberam pelo menos uma vacina contra o Covid-19. No início desta semana, em meio a um aumento nos casos impulsionados pela variante omicron, o presidente Joe Biden instou os americanos a se vacinarem, incluindo doses de reforço, chamando isso de "dever patriótico".

(*) HOMEWORK inspira profissionais e empreendedores a trabalhar de um jeito mais inteligente, saudável, transformador. Nosso conteúdo impacta mais de 1 milhão de usuários únicos, todo mês. É publicado no Terra e compartilhado via redes sociais, WhatsApp e newsletter. Entre pra comunidade HOMEWORK!

Homework Homework
Publicidade
Publicidade