0

Exportações do complexo soja sobem 54,1% em receita em fevereiro, diz Secex

1 mar 2019
17h13
  • separator
  • comentários

São Paulo, 1 - As exportações brasileiras do complexo soja somaram 7,104 milhões de toneladas em fevereiro, com receita de US$ 2,573 bilhões. Em relação a igual período de 2018, os aumentos foram, respectivamente, de 63,5% e 54,1%. Já ante janeiro, houve aumento de 105,6% em volume e de 94,7% em receita. Os dados foram divulgados nesta sexta-feira pela Secretaria de Comércio Exterior (Secex) do Ministério da Economia. Com a colheita adiantada da soja da safra 2018/19 e a demanda chinesa ainda firme por causa da guerra comercial, os embarques do País já estão mais acelerados do que há um ano.

No acumulado de 2019, o Brasil já exportou 10,559 milhões de toneladas de soja, farelo e óleo, 49,6% acima de igual intervalo do ano anterior. A receita obtida com as vendas do complexo nos dois primeiros meses de 2019 somou US$ 3,894 bilhões, 44,4% acima do primeiro bimestre de 2018.

As exportações de soja em grão somaram 6,091 milhões de toneladas em fevereiro. Na comparação com igual período de 2018, quando foram embarcados 2,864 milhões de toneladas, o aumento chegou a 112,7%. A receita com as vendas externas do grão atingiu US$ 2,206 bilhões, incremento de 101,8% em relação a fevereiro do ano passado (US$ 1,093 bilhão). Na comparação com janeiro, quando foram embarcados 2,154 milhões de toneladas, as exportações aumentaram 182,8% em volume. Em receita, o incremento foi de 170,7% ante o total de US$ 815,0 milhões de janeiro. O preço médio do produto exportado foi de US$ 362,20/tonelada, ante US$ 378,40/t em janeiro e US$ 381,70/t em fevereiro de 2018.

No acumulado de 2019, foram exportadas 8,245 milhões de toneladas, 87,4% acima de igual período de 2018. A receita totalizou US$ 3,021 bilhões (+79%).

De farelo de soja, o volume exportado somou 976,4 mil toneladas, queda de 27,9% em relação a fevereiro de 2018, quando o Brasil enviou ao exterior 1,354 milhão de toneladas. Ante janeiro, quando os embarques somaram 1,261 milhão de toneladas, houve queda de 22,6%. A receita com a exportação em fevereiro totalizou US$ 341,6 milhões, recuo de 29,1% em relação aos US$ 481,5 milhões de igual período de 2018. Em relação ao mês anterior, quando o faturamento somou US$ 481,6 milhões, a queda foi de 29,1%.

No acumulado deste ano, os embarques somaram 2,237 milhões de toneladas, queda de 9,9% ante igual período de 2018. A receita somou US$ 823,20 milhões (-6,1%).

Já de óleo de soja, as exportações em fevereiro somaram 36,6 mil toneladas, queda de 70,9% em relação a igual mês de 2018, quando os embarques haviam somado 125,6 mil toneladas. Em relação a janeiro, quando foram embarcadas 39,6 mil toneladas, a redução foi de 7,6%. A receita referente às vendas externas somou US$ 24,6 milhões em fevereiro. A queda foi de 73,9% ante igual período do ano passado, quando os recursos com a exportação haviam totalizado US$ 94,3 milhões. Na comparação com janeiro, quando a receita somou US$ 25 milhões, a diminuição foi de 1,6%.

No acumulado de 2019, as exportações totalizaram 76,2 mil toneladas, recuo de 56,8% na comparação com primeiro bimestre de 2018. A receita somou US$ 49,6 milhões (-62,7%).

Estadão

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade