0

Exportações de frango sobem 2,6% em março, a 349,5 mil t, diz ABPA; suíno também avança

3 abr 2020
18h52
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator

As exportações brasileiras de carne de frango, considerando produtos in natura e processados, totalizaram 349,5 mil toneladas em março, alta de 2,6% na variação anual, informou a Associação Brasileira de Proteína Animal (ABPA) nesta sexta-feira.

Criação de frangos em Lapa (PR) 
31/05/2016
REUTERS/Rodolfo Buhrer
Criação de frangos em Lapa (PR) 31/05/2016 REUTERS/Rodolfo Buhrer
Foto: Reuters

Em março de 2019, o Brasil embarcou 340,5 mil toneladas de carne de frango, ressaltou a associação.

A receita do mês passado chegou a 552,5 milhões de dólares, recuo de 1,7% ante igual período de 2019, quando foram obtidos 562,2 milhões de dólares com as vendas externas de frango.

No acumulado do trimestre, foram exportadas 1,021 milhão de toneladas, volume 8,8% maior que as 939 mil toneladas embarcadas no mesmo período do ano passado. 

A receita trimestral ficou em 1,635 bilhão de dólares, alta de 6% na variação anual.

"Mesmo com os impactos gerados pelo Covid-19, o setor segue desempenhando seu papel estratégico de auxílio à segurança alimentar", disse em nota o presidente da ABPA, Francisco Turra.

CARNE SUÍNA

As exportações brasileiras de carne suína, incluindo o produto in natura e processado, totalizaram 72,1 mil toneladas em março, alta de 31,45% ante as 54,8 mil toneladas registradas um ano antes.

Com os embarques, o país faturou 166 milhões de dólares, avanço de 56,1% em relação aos 106,3 milhões de dólares faturados em março de 2019.

No trimestre, os embarques do setor chegaram a 208 mil toneladas, alta de 32% na variação anual. Em receita, houve aumento de 62,6%, com 485,1 milhões de dólares faturados de janeiro a março.

Veja também:

BC corta Selic para 3% ao ano
Reuters Reuters - Esta publicação inclusive informação e dados são de propriedade intelectual de Reuters. Fica expresamente proibido seu uso ou de seu nome sem a prévia autorização de Reuters. Todos os direitos reservados.
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade