PUBLICIDADE

Exportação de frango em novembro cai 4,5% e atinge 334,7 mil t, diz ABPA

7 dez 2021 16h25
ver comentários
Publicidade

São Paulo, 7 - A exportação de carne de frango in natura e processada do Brasil alcançou 334,7 mil toneladas em novembro, 4,5% menor que em igual período de 2020, de 350,7 mil toneladas, segundo a Associação Brasileira de Proteína Animal (ABPA). A receita cambial no mês passado atingiu US$ 605,3 milhões, resultado 26,9% maior que os US$ 476,8 milhões registrados em novembro de 2020.

No acumulado do ano (janeiro a outubro), as exportações de carne de frango totalizaram 4,198 milhões de toneladas, desempenho 9,08% superior ao dos 11 meses de 2020, de 3,849 milhões de toneladas. O faturamento foi de US$ 6,944 bilhões, resultado 25,3% maior que o de igual período do ano passado, de US$ 5,543 bilhões.

O presidente da ABPA, Ricardo Santin, destacou em nota o recorde histórico para o qual o Brasil se encaminha nas exportações de carne de frango. "O País está ampliando a distância em volume para os principais concorrentes. Isto reforça o papel do Brasil como importante player em favor da segurança alimentar", disse.

O Japão, que está entre os principais destinos das exportações no ano, importou 403,5 mil toneladas, volume 8,8% superior ao embarcado no mesmo período de 2020.

Em seguida vieram Emirados Árabes Unidos, com 344 mil toneladas (26,4%), África do Sul, com 268,8 mil toneladas (13,3%), União Europeia, com 178,7 mil toneladas (+14%) e Filipinas, com 154,8 mil toneladas (158,7%).

O diretor de Mercados da ABPA, Luís Rua, acrescentou que, "as vendas de produtos de maior valor agregado foram mais representativas na pauta externa de carne de frango do País, tendo influência direta na receita de exportações de novembro e dos demais meses do ano".

Estadão
Publicidade
Publicidade