PUBLICIDADE

EcoRodovias reporta lucro líquido de R$ 141,7 mi no 3º trimestre, alta de 97,8%

25 out 2021 21h16
ver comentários
Publicidade

A EcoRodovias reportou lucro líquido de R$ 141,7 milhões no terceiro trimestre de 2021, alta de 97,8% em relação a igual intervalo de 2020, conforme balanço divulgado na noite desta segunda-feira, 25.

O lucro líquido atribuído aos acionistas controladores alcançou R$ 143,7 milhões de julho a setembro, avanço de 100,7% na mesma base de comparação.

O lucro líquido atribuível aos acionistas controladores se deve principalmente ao aumento do Ebitda ajustado e à reversão de provisão das multas do Acordo de Não Persecução Cível, no terceiro trimestre, não homologado pelo Conselho Superior do Ministério Público, conforme fato relevante divulgado pela companhia em 23 de setembro de 2021.

No terceiro trimestre, a EcoRodovias registrou Ebitda (lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização)(excluindo receita e custo de construção e provisão para manutenção) de R$ 650,7 milhões, alta de 33,1% sobre igual período de 2020. Já o Ebitda ajustado foi de R$ 636,4 milhões, alta de 20,6% na mesma base de comparação.

A margem Ebitda ajustada no período alcançou 69%, avanço de 0,6 ponto porcentual sobre igual intervalo do ano passado.

O resultado se deve "ao início da cobrança de pedágio pela Ecovias do Cerrado 3, crescimento do tráfego de veículos em função da flexibilização das medidas de isolamento social no combate à covid-19 e ao avanço da vacinação, reajustes das tarifas de pedágio, crescimento das operações do Ecoporto e desempenho das holdings", destaca a companhia no relatório.

A receita líquida ajustada atingiu R$ 923 milhões de julho a setembro, aumento de 19,7% sobre um ano antes.

Estadão
Publicidade
Publicidade