0

Dow Jones ganha mais de mil pontos em forte recuperação de Wall Street

26 dez 2018
20h57
  • separator
  • 0
  • comentários

O índice Dow Jones subiu mais de mil pontos numa única sessão pela primeira vez nesta quarta-feira, liderando uma ampla recuperação de Wall Street, depois que um relatório de que as vendas de fim de ano foram as mais fortes em anos ajudou a acalmar as preocupações sobre a saúde da economia.

 REUTERS/Shannon Stapleton
REUTERS/Shannon Stapleton
Foto: Reuters

O Dow Jones <.DJI> subiu 1.086 pontos, ou 4,98 por cento, para 22.878,45. O S&P 500 <.SPX> ganhou 4,96 por cento, a 2.467,7 pontos. O Nasdaq <.IXIC> avançou 5,84 por cento, para 6.554,36 pontos.

O Dow, o S&P 500 e o Nasdaq tiveram seus maiores ganhos percentuais diários em quase uma década. 

Em uma sessão dramática que também viu o benchmark S&P 500 chegar a cair, os preços do petróleo subiram, impulsionando o sentimento de ativos de risco como estoques e sustentando um ganho de 6,2 por cento das ações de energia <.SPNY>. 

Temores com as perspectivas de crescimento econômico, a disputa comercial EUA-China e o aumento das taxas de juros têm afetado as ações, e os principais índices ainda caem mais de 10 por cento neste mês. 

As vendas de Natal dos EUA em 2018 subiram 5,1 por cento em relação ao ano anterior, para mais de 850 bilhões de dólares, o maior ganho em seis anos, de acordo com um relatório da Mastercard. O índice de varejo S&P 500 <.SPXRT> subiu 7,4 por cento. As ações da varejista Amazon subiram 9,4 por cento.  

"O mercado está extremamente sobrevendido", disse Brett Ewing, estrategista-chefe de mercado da First Franklin Financial Services, em Tallahassee, Flórida.

O ganho recorde anterior para o Dow tinha sido de 936 pontos em 13 de outubro de 2008, durante um período em que os mercados estavam quase diariamente afetados pelos desdobramentos da crise financeira.

O S&P quebrou uma série de quedas de quatro sessões. Mas apesar da alta de quarta-feira, manteve a maior queda mensal desde fevereiro de 2009.

Reuters Reuters - Esta publicação inclusive informação e dados são de propriedade intelectual de Reuters. Fica expresamente proibido seu uso ou de seu nome sem a prévia autorização de Reuters. Todos os direitos reservados.
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade