1 evento ao vivo

Dólar tem maior alta em 7 meses após fracasso de megaleilão

6 nov 2019
17h33
atualizado às 18h36
  • separator
  • 0
  • comentários

O dólar inverteu a tendência que registrava no início da manhã desta quarta-feira (6) e encerrou a sessão com um firme avanço frente ao real, diante da frustração de investidores com a fraca participação de empresas estrangeiras no megaleilão da cessão onerosa.

O dólar à vista fechou em firme alta de 2,22%, a R$ 4,0818 na venda, maior variação percentual diária desde 27 de março (2,27%).

07/11/2016
REUTERS/Dado Ruvic
07/11/2016 REUTERS/Dado Ruvic
Foto: Reuters

Na B3, o dólar futuro, de maior liquidez operava em alta de 2,16%, a 4,0875 reais.

Megaleilão do petróleo foi frustrante para o governo

A expectativa do governo era que houvesse uma competição ao realizar o megaleilão do petróleo. A ideia era receber R$ 106,5 bilhões por quatro áreas de exploração, mas o valor arrecadado foi de R$ 69,8 bilhões por dois campos, Búzios e Itaipu, e poucas empresas se interessaram em participar da disputa.

Sem concorrência, o valor mínimo previsto foi o pago pela Petrobras em consórcio com duas empresas chinesas, sendo a única representante que fez uma oferta. Das 14 empresas que estavam habilitadas a dar lances, apenas sete compareceram ao evento.

De acordo com o ministro de Minas e Energia, Bento Albuquerque, as outras duas áreas que não foram leiloadas, Sépia e Atapu, devem participar de um novo leilão em 2020, sob um novo formato de venda que o governo deverá instalar. Com informações da Reuters.

 

Fonte: Equipe portal
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade