0

Dólar recua em geral em dia de CPI, enquanto libra cai com foco no Brexit

12 mar 2019
18h25
  • separator
  • comentários

O dólar mostrou fraqueza em geral nesta terça-feira, 12, em dia de uma leitura do índice de preços ao consumidor (CPI, na sigla em inglês) nos Estados Unidos que apoia o argumento da paciência do Federal Reserve (Fed, o banco central americano) na condução da política monetária. Na Europa, a libra registrou baixa, enquanto a premiê Theresa May sofreu nova rejeição no Parlamento do Reino Unido de seu acordo para a saída do país do bloco, o Brexit.

No fim da tarde em Nova York, o dólar subia a 111,30 ienes, o euro avançava a US$ 1,1304 e a libra tinha queda a US$ 1,3071.

O dólar já mostrava fraqueza mais cedo, mas acentuou o movimento após a inflação ao consumidor dos EUA mostrar alta de 0,2% em fevereiro ante janeiro, como esperado, mas com alta do núcleo do índice de apenas 0,1%, ante expectativa de avanço de 0,2% dos analistas consultados pelo Projeções Broadcast. A leitura reforça a expectativa de que o Fed mostre paciência antes de decidir por qualquer nova elevação nos juros.

Na Europa, a libra chegou a mostrar força mais cedo, mas inverteu o sinal, batendo mínimas após o procurador-geral do Reino Unido, Geoffrey Cox, afirmar que os riscos legais para o país ficaram inalterados, mesmo após a premiê Theresa May conseguir na segunda novas concessões da UE no Brexit. May argumentava que com o instrumento fechado na segunda com o bloco havia mais clareza no acordo, ampliando a chance de se evitar um impasse no status futuro da fronteira entre as Irlandas. Cox, porém, disse que o quadro geral segue o mesmo.

À tarde, o Parlamento britânico voltou a rejeitar o acordo fechado por May com a UE. Agora, os legisladores devem votar nesta quarta a possibilidade de uma saída sem acordo, que deve ser rechaçada, e no dia seguinte um pedido de extensão no diálogo com o bloco. Logo após a votação, a libra chegou a reduzir perdas ante o dólar, mas manteve-se em queda.

Estadão

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade