PUBLICIDADE

Dólar e IGP-10 trazem alívio à curva de juros antes de leilão do Tesouro

17 mai 2022 10h34
ver comentários
Publicidade

Os juros futuros começaram a manhã desta terça-feira, 17, em queda, acompanhando a desvalorização de mais de 1% do dólar à vista e após o Índice Geral de Preços - 10 (IGP-10) mostrar forte desaceleração em maio. A expectativa com o leilão de LFT e NTN-B (11 horas, de Brasília), no entanto, tende a limitar o movimento e há pouco a queda era menor.

Às 10h14, a taxa do contrato de depósito interfinanceiro (DI) para janeiro de 2023 cedia a 13,370%, de 13,395% no ajuste de ontem.

O DI para janeiro de 2024 caía para 13,02%, de 13,07%, e o para janeiro de 2025 recuava para 12,42%, de 12,46%.

Já o vencimento para janeiro de 2027 marcava 12,20%, de 12,19% no ajuste anterior.

Nesta terça-feira, a Fundação Getulio Vargas (FGV) informou que o IGP-10 subiu 0,10% em maio, após ter aumentado 2,48% em abril. O resultado ficou dentro das estimativas dos analistas do mercado financeiro ouvidos pelo Projeções Broadcast, que esperavam desde uma queda de 0,51% a uma alta de 0,45%, mas inferior à mediana positiva de 0,22%.

Estadão
Publicidade
Publicidade