PUBLICIDADE

Dólar à vista vira e passa a subir com exterior e declarações de Lula

20 jun 2024 - 12h42
Compartilhar
Exibir comentários

Após chegar a cair quase 1% no início da sessão, o dólar à vista zerou as perdas no início desta tarde e passou a subir ante o real, na esteira do avanço firme da moeda norte-americana no exterior e em paralelo a declarações do presidente Luiz Inácio Lula da Silva sobre a reunião do Copom na véspera.

Às 12h32, o dólar à vista subia 0,08%, a 5,4449 reais na venda. Na B3, o contrato de dólar futuro de primeiro vencimento tinha alta de 0,43%, a 5,4455 reais na venda.

No início do dia, o dólar cedeu ante o real em reação à decisão do Comitê de Política Monetária (Copom) do Banco Central, que decidiu de forma unânime manter a taxa básica Selic em 10,50% ao ano, como demandado pelo mercado.

Ao longo da manhã, no entanto, ficou claro que o alívio nas cotações seria limitado. Profissionais ouvidos pela Reuters pontuaram que a alta da moeda norte-americana no exterior e as preocupações persistentes sobre o equilíbrio fiscal brasileiro seguravam a queda do dólar.

A moeda norte-americana virou para o positivo pouco depois das 12h, enquanto Lula dava entrevista a uma rádio do Ceará. Nela, ele voltou a questionar a autonomia do Banco Central e disse que a decisão de quarta-feira do Copom, interrompendo o ciclo de cortes da Selic, "foi uma pena" para o povo brasileiro.

A virada do dólar ante o real coincidiu com a desaceleração do Ibovespa, em especial entre as ações sensíveis à curva de juros brasileira, e com a redução da queda dos DIs (Depósitos Interfinanceiros).

Reuters Reuters - Esta publicação inclusive informação e dados são de propriedade intelectual de Reuters. Fica expresamente proibido seu uso ou de seu nome sem a prévia autorização de Reuters. Todos os direitos reservados.
Compartilhar
TAGS
Publicidade
Seu Terra












Publicidade