1 evento ao vivo

Disney impulsiona Dow e S&P 500 a recordes, mas tensões comerciais mantêm sombra

13 nov 2019
19h33
  • separator
  • 0
  • comentários

Os índices Dow Jones e S&P 500 registraram máximas recordes nesta quarta-feira, impulsionados por um grande salto nas ações da Walt Disney, mas o Nasdaq recuou, enquanto os ganhos de forma geral foram contidos por nova incerteza sobre as relações comerciais entre Estados Unidos e China.

Operadores na Bolsa de Nova York. 13/11/2019. REUTERS/Brendan McDermid
Operadores na Bolsa de Nova York. 13/11/2019. REUTERS/Brendan McDermid
Foto: Reuters

O Dow Jones subiu 0,33%, para 27.783,59 pontos. O S&P 500 teve variação positiva de 0,07%, para 3.094,04 pontos. Mas o Nasdaq Composto teve leve baixa de 0,05%, para 8.482,10 pontos.

Durante a sessão, o Wall Street Journal reportou que as negociações comerciais entre EUA e China haviam esbarrado em um obstáculo em torno de compras agrícolas, o mais recente imbróglio em uma disputa entre os dois países que tem chacoalhado os mercados há mais de um ano.

Os três índices de ações subiram mais cedo na sessão, depois de o chairman do Federal Reserve (Fed, banco central dos Estados Unidos), Jerome Powell, dizer que formuladores da política monetária norte-americana veem uma "expansão sustentada" pela frente na economia do país.

Wall Street tem batido máximas históricas recentemente, com suporte de cortes de juros pelo Fed, balanços corporativos melhores do que o esperado e sinais de que a economia está chegando ao fundo do poço.

Mas questões sobre um acordo inicial para ajudar a resolver a disputa tarifária entre EUA e China continuam sendo um enigma.

"Ainda é sobre a China e os investidores tentando decidir se um acordo está vindo ou não", disse Rick Meckler, sócio da Cherry Lane Investments em New Vernon, Nova Jersey.

"Isso realmente deixou os investidores incertos", disse Meckler. "Eles não querem vender no caso de um possível acordo anunciado, mas eles também não querem ser pegos de surpresa por, novamente, alguma decepção com isso."

"O setor defensivo tomou a liderança hoje", disse Mona Mahajan, estrategista de investimentos para os EUA da Allianz Global Investors.

Os investidores também estiveram atentos a desenvolvimentos geopolíticos, incluindo audiências públicas sobre o processo de impeachment de Trump e protestos em Hong Kong.

As ações da Walt Disney saltaram 7,3%, depois que a empresa de mídia disse que seu novo serviço de streaming, o Disney+, alcançou 10 milhões de assinaturas desde o lançamento no dia anterior.

As ações da Disney deram o maior impulso ao Dow e ao S&P 500. Os papéis da rival Netflix caíram 3,0%.

SmileDirectClub desabou 20,3%, após aempresa --que usa tecnologia da informação e telecomunicações para atendimento odontológico-- relatar uma maior perda trimestral.

Reuters Reuters - Esta publicação inclusive informação e dados são de propriedade intelectual de Reuters. Fica expresamente proibido seu uso ou de seu nome sem a prévia autorização de Reuters. Todos os direitos reservados.
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade