PUBLICIDADE

Falso leite condensado e preço do milho assustam internautas 

A alta inflação dos alimentos têm movimentado as conversas pessoalmente e nas redes

7 jul 2022 - 06h00
(atualizado em 8/7/2022 às 15h43)
Ver comentários
Foto: Adobe Stock

Esta semana, a historiadora Keila Vila Flor postou no Twitter uma foto do preço do milho para pipoca no supermercado e a postagem teve quase 50 mil curtidas e 1.500 compartilhamentos. De acordo com a Keila, ela pagava R$ 4,00 no produto que agora está custando R$ 11,00. 

A alta inflação dos alimentos têm movimentado as conversas pessoalmente e nas redes. Em São Paulo, por exemplo, a inflação acumulada da cesta básica em junho, em comparação com junho de 2021, foi de 23,97%, de acordo com o Dieese. 

Embora não seja parte da cesta básica, o milho para pipoca é um produto popular, procurado principalmente agora na época de festas juninas, nos meses de junho e julho. Já entre os produtos que compõem a cesta básica, a alta do leite também chamou a atenção. A pesquisa mensal do Dieese mostra que entre maio e junho o produto teve alta média, no país, de mais de 9%. 

Muitos internautas concordaram com a postagem de Keila e compartilharam que têm pago atualmente entre R$ 8 e R$ 10 no milho para pipoca. Keila explicou também que o produto da foto era a pipoca premium, sendo que a versão comum do produto ficava um pouco mais barata no supermercado onde fez a foto, ficando perto de R$ 8. 

 

 

"Falso leite condensado" viraliza no twitter 

Com a alta dos laticínios, um novo produto foi notado nas prateleiras dos supermercados: a mistura láctea condensada. A doutora em biociências e fisiopatologia Letícia Sarturi postou esta semana uma imagem observando que o consumidor pode pensar que está comprando leite condensado quando na verdade está levando o novo produto, que é mais acessível. 

A postagem teve mais de 30 mil curtidas e quase 4,5 mil compartilhamentos. 

Redação Dinheiro em Dia
Publicidade
Publicidade