PUBLICIDADE

Número dois da Caixa, Celso Barbosa renuncia após saída de Guimarães

Vice-presidente de Atacado da Caixa, Barbosa era muito próximo ao ex-presidente da instituição e foi citado em uma das denúncias

1 jul 2022 - 18h29
(atualizado em 2/7/2022 às 00h06)
Ver comentários
 Celso Leonardo Barbosa, vice-presidente de Negócios de Atacado da Caixa Econômica
Celso Leonardo Barbosa, vice-presidente de Negócios de Atacado da Caixa Econômica
Foto: Reprodução/Instagram

BRASÍLIA E SÃO PAULO - A Caixa Econômica Federal informou nesta sexta-feira, 1º, que o conselho de administração do banco acatou a carta de renúncia de Celso Barbosa, até então vice-presidente de Negócios de Atacado da instituição.

O executivo era considerado o "número dois" na gestão de Pedro Guimarães, que deixou a presidência do banco esta semana após denúncias de assédio sexual feitas por funcionárias da Caixa.

Barbosa foi citado em uma das denúncias de assédio sexual que levaram à queda do ex-presidente da Caixa.

Barbosa era muito próximo a Pedro Guimarães. Ele costumava assumir a presidência do banco interinamente em algumas viagens internacionais do ex-presidente, e trabalhou na Brasil Travel, holding de agências de turismo que o executivo tentou constituir na década passada.

As denúncias contra o ex-presidente da instituição foram reveladas pelo portal Metrópoles, e confirmadas pelo Estadão.

Pedro Guimarães nega as acusações

Nesta sexta-feira, o conselho de administração também empossou a nova presidente do banco, Daniella Marques, após conclusão dos trâmites internos de governança. Daniella foi nomeada presidente do banco público na última quarta-feira, 29, depois da exoneração do ex-presidente Pedro Guimarães.

A cerimônia de posse de Daniella Marques, ex-secretária de Competitividade e Produtividade do Ministério da Economia, será na próxima terça-feira, 5.

Estadão
Publicidade
Publicidade