PUBLICIDADE

Receita Federal disponibilizará consulta a segundo lote do IR nesta quinta

Para realizar a consulta, o contribuinte deve acessar a página da Receita federal na internet

22 jun 2022 13h39
ver comentários
Publicidade

A Receita Federal irá disponibilizar a consulta ao segundo lote de restituições do Imposto de Renda 2022 nesta quinta-feira, 23, a partir das 10 horas da manhã.

A Receita prevê o pagamento de R$ 6,3 bilhões para 4.250.448 contribuintes, entre prioritários e não prioritários. Para os que não têm prioridade legal, o pagamento é realizado por ordem de entrega da declaração, ou seja, quem entregou antes recebe primeiro. Por isso, serão contemplados no segundo lote contribuintes não prioritários que entregaram a declaração até o dia 19 de março.

O lote contempla também restituições residuais de exercícios anteriores, e os valores terão correção de 1% com base na Selic, a taxa básica de juros.

Como consultar o segundo lote de restituição do IR?

Para realizar a consulta e descobrir se será contemplado no segundo lote, o contribuinte pode acessar a página da Receita Federal na internet, clicar em "Meu Imposto de Renda" e, em seguida, em "Consultar a Restituição".

Ao clicar no tópico "Etapas para a realização deste serviço", a página apresenta links e instruções para o contribuinte realizar a consulta, além de sugerir o acesso ao portal e-CAC, onde é possível consultar a situação da declaração do IR e identificar pendências, por meio do extrato de processamento. O contribuinte também pode clicar em "Iniciar", no topo da página, para ir direto ao site de consulta de restituições.

Calendário de pagamento

O calendário de restituição do Imposto de Renda 2022 prevê o pagamento em cinco lotes, entre maio e setembro. Veja as datas:

  • 1º lote: 31 de maio (pago)
  • 2º lote: 30 de junho
  • 3º lote: 29 de julho
  • 4º lote: 31 de agosto
  • 5º lote: 30 de setembro

O pagamento dos valores do segundo lote está programado para o próximo dia 30 e será realizado diretamente na conta bancária informada pelo contribuinte na declaração.

Se o crédito não for realizado por algum motivo, como a conta informada na declaração ter sido desativada, por exemplo, o valor ficará disponível por até um ano no Banco do Brasil. O contribuinte poderá reagendar o crédito dos valores acessando o Portal BB ou ligando para a Central de Relacionamento BB, através dos telefones;

  • 4004-0001 (capitais);
  • 0800-729-0001 (demais localidades);
  • 0800-729-0088 (telefone especial exclusivo para deficientes auditivos).

Se o valor não for resgatado dentro de um ano, o contribuinte deverá solicitar novamente o pagamento, através do Portal e-CAC. É só acessar o menu "Declarações e Demonstrativos", clicar em "Meu Imposto de Renda" e, em seguida, em "Solicitar restituição não resgatada na rede bancária".

Estadão
Publicidade
Publicidade