0

Defesa está prestes a fechar proposta de Previdência dos militares, diz porta-voz do governo

Otávio Rêgo Barros afirmou que o ministro da Defesa, Fernando Azevedo, está fechando o texto da reforma dos militares, que ainda será enviado à equipe econômica

13 mar 2019
21h22
  • separator
  • 0
  • comentários

BRASÍLIA - O porta-voz da Presidência, Otávio Rêgo Barros, afirmou que o ministro da Defesa, Fernando Azevedo, está finalizando a proposta de Previdência dos militares e que a agenda internacional do presidente Jair Bolsonaro não atrapalhará a tramitação. "Ele (ministro da Defesa) está ultimando, se é que já não ultimou", disse o porta-voz.

Azevedo esteve nesta quarta-feira, com o presidente Jair Bolsonaro, no Palácio do Planalto, para tratar do texto, que ainda passará por revisão do Ministério da Economia.

Segundo Rêgo Barros, a viagem oficial de Bolsonaro e ministros ao Estados Unidos, no próximo domingo, 17, não vai atrapalhar a previsão de envio da proposta dos militares no dia 20 de março. O ministro da Economia, Paulo Guedes, também irá aos EUA. De acordo com o porta-voz, no entanto, Azevedo não acompanhará a comitiva.

"Ele (Azevedo) já está ultimando, se já não ultimou, aquilo que vai ser apresentado ao Congresso no que toca os militares e a partir daí é responsabilidade do Congresso, com seu patriotismo, seu respeito à sociedade, identificar aquilo que tem que ser melhorado na proposta do presidente para logo em seguida assinar, corroborar e tornar lei para que possamos efetivamente decolar como país", declarou Rêgo Barros.

Estadão
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade