PUBLICIDADE

CVM autoriza atuação de fundos de investimento como formadores de mercado na B3

3 dez 2021 15h36
ver comentários
Publicidade

A Comissão de Valores Mobiliários (CVM) autorizou os fundos de investimento a atuarem como formadores de mercado na B3. Com a decisão unânime, divulgada no informativo da Reunião do Colegiado nº48 de 30 de novembro de 2021, as Assets, através dos seus fundos, poderão atuar como provedoras de liquidez contratadas pela bolsa brasileira.

Para que os programas sejam abertos aos fundos, a B3 terá que adaptar seus regulamentos e manuais. Após realizadas todas as adequações regulatórias, a bolsa deverá abrir vagas para que fundos se credenciem nos programas disponíveis atualmente apenas para corretoras, bancos e não-residentes.

O formador de mercado é uma instituição cadastrada na B3 que se compromete a manter ofertas de compra e venda de forma regular e contínua durante a sessão de negociação, fomentando a liquidez dos valores mobiliários, facilitando os negócios e mitigando movimentos artificiais nos preços dos produtos.

"Atualmente, a indústria de fundos é uma das principais provedoras autônomas de liquidez em diversos ativos do mercado de capitais. Essa decisão dá a possibilidade de que os fundos em geral também possam usufruir de benefícios concedidos pela B3 aos formadores de mercado", afirma, em nota, o diretor-executivo de Produtos e Dados da B3, Luís Kondic.

Estadão
Publicidade
Publicidade