4 eventos ao vivo

Consumidores, investimento e comércio impulsionam economia da zona do euro no 1º tri

6 jun 2019
07h36
atualizado às 09h09
  • separator
  • 0
  • comentários

A economia da zona do euro acelerou nos três primeiros meses do ano, confirmou nesta quinta-feira a agência de estatísticas Eurostat, impulsionada pelos gastos das famílias, investimentos e comércio.

Notas de 20 e 50 euros
14/11/2017
REUTERS/Benoit Tessier
Notas de 20 e 50 euros 14/11/2017 REUTERS/Benoit Tessier
Foto: Reuters

A Eurostat confirmou sua estimativa anterior de que o Produto Interno Bruto (PIB) nos 19 países que usam o euro cresceu 0,4% entre janeiro e março sobre o trimestre anterior. Também manteve a leitura de crescimento de 1,2% na comparação anual.

No quarto trimestre de 2018, a economia apresentou expansão de 0,2% na base trimestral e de 1,2% sobre mesmo período do ano anterior.

A Eurostat informou que o consumo das famílias contribuiu positivamente com 0,3 ponto percentual para o crescimento trimestral, enquanto a formação bruta de capital fixo acrescentou 0,2 ponto e o comércio, 0,1 ponto.

As mudanças de estoques tiveram um impacto negativo de 0,3 ponto, enquanto o peso do consumo do governo foi zero.

Reuters Reuters - Esta publicação inclusive informação e dados são de propriedade intelectual de Reuters. Fica expresamente proibido seu uso ou de seu nome sem a prévia autorização de Reuters. Todos os direitos reservados.
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade