6 eventos ao vivo

Concessionárias têm queda de 4% nas linhas fixas

17 jul 2017
18h06
atualizado às 18h45
  • separator
  • comentários

As concessionárias de telefonia fixa do País perderam 4,2 por cento na base de linhas ativas em maio sobre o mesmo mês do ano passado, para 24,36 milhões, informou a Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) nesta segunda-feira.

A Oi, maior concessionária do país em base de clientes, teve recuo de 4,9 por cento no período, para 13,87 milhões de linhas fixas. Na semana passada, a Anatel divulgou que o grupo em recuperação judicial teve queda de cerca de 12 por cento na base de telefonia móvel em maio sobre um ano antes, para cerca de 42 milhões de acessos ativos.

A Vivo, segunda maior concessionária de telefonia fixa do país, teve recuo de 3,8 por cento, para 9,57 milhões de linhas, segundo os dados da Anatel.

Entre as empresas que atuam em regime de autorização, a Claro, do grupo América Móvil, teve queda de 4,13 por cento na base de telefonia fixa em maio na comparação anual, para 10,87 milhões. Já a Vivo, que fora do Estado de São Paulo atua sob autorização, teve recuo de 0,55 por cento, para 4,76 milhões de linhas.

Reuters Reuters - Esta publicação inclusive informação e dados são de propriedade intelectual de Reuters. Fica expresamente proibido seu uso ou de seu nome sem a prévia autorização de Reuters. Todos os direitos reservados.

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade
publicidade