0

Cofco teve planta de biodiesel em MT afetada por efeitos do coronavírus; logística preocupa

31 mar 2020
19h04
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator

A chinesa Cofco teve uma unidade produtora de biodiesel "fortemente impactada" pelos efeitos do coronavírus, afirmou nesta terça-feira Eduardo Andretto, diretor jurídico da companhia.

03/11/2016. REUTERS/Thomas Peter
03/11/2016. REUTERS/Thomas Peter
Foto: Reuters

A planta está localizada em Rondonópolis (MT), onde a prefeitura decretou a paralisação de todas as atividades industriais na semana passada, com o objetivo de combater a doença.

"Uma decisão municipal tentou paralisar atividades de produção de biodiesel da Cofco e conseguimos dar continuidade por meio de uma liminar judicial", afirmou o executivo durante participação em uma webinar.

Outra questão decorrente dos efeitos do coronavírus no Brasil que afetou a companhia é a notificação de redução na demanda por distribuidores de combustíveis, com a justificativa de força maior, afirmou.

"No entanto, a questão de maior preocupação relacionada a coronavírus é a logística, custos com demurrage subiram no porto de Santos, por exemplo", acrescentou o executivo, em referência as taxas pagas por navios que ficam mais tempo do que o programado.

Veja também:

BC corta Selic para 3% ao ano
Reuters Reuters - Esta publicação inclusive informação e dados são de propriedade intelectual de Reuters. Fica expresamente proibido seu uso ou de seu nome sem a prévia autorização de Reuters. Todos os direitos reservados.
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade