7 eventos ao vivo

Cobre opera em leve baixa, mesmo com dólar mais fraco, de olho no comércio

20 set 2018
07h59
  • separator
  • 0
  • comentários

O cobre opera em queda nesta manhã, sem fôlego mesmo diante do dólar mais fraco em relação a outras moedas fortes. Investidores aguardam novas catalisadores, mantendo ainda o foco no comércio internacional.

Às 7h40 (de Brasília), o cobre para três meses caía 0,36%, a US$ 6.065 a tonelada, na London Metal Exchange (LME), e às 7h46 o cobre para dezembro recuava 0,33%, a US$ 2,7205 a libra-peso, na Comex, divisão de metais da New York Mercantile Exchange (Nymex).

Os preços dos metais não tinham sinal claro hoje, após o presidente da China, Xi Jinping, afirmar que pretende buscar equilíbrio no comércio, em vez de apenas criar superávits. Investidores de metais têm avaliado o noticiário sobre comércio, depois que os EUA anunciaram nesta semana novas tarifas contra produtos chineses, com retaliação de Pequim. Inicialmente, os investidores reagiram positivamente às notícias, já que os EUA mostrou gradualismo, o que foi visto como um sinal de que há espaço para negociação.

O cobre também recua apesar de que a demanda da China continua a mostrar força, mesmo diante da preocupação com o comércio.

Entre outros metais básicos negociados na LME, o zinco subia 0,16%, a US$ 2.432,50 a tonelada, o alumínio avançava 0,17%, a US$ 2.033,50 a tonelada, o estanho recuava 0,16%, a US$ 18.870 a tonelada, o níquel perdia 0,12%, a US$ 12.475 a tonelada, e o chumbo tinha baixa de 0,64%, a US$ 2.012 a tonelada. Fonte: Dow Jones Newswires.

Estadão
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade