1 evento ao vivo

Toyota e Mazda se unem por fábrica de US$ 1,6 bi nos EUA

4 ago 2017
10h24
atualizado às 11h33
  • separator
  • comentários

A Toyota Motor e a Mazda Motor planejam construir uma linha de montagem de US$ 1,6 bilhão nos Estados Unidos, disseram as empresas nesta sexta-feira, como parte de uma aliança na qual as montadoras japonesas também vão desenvolver em conjunto tecnologias para veículos elétricos.

As duas deterão pequenas fatias acionárias uma da outra como parte da parceria
As duas deterão pequenas fatias acionárias uma da outra como parte da parceria
Foto: Reuters

As duas deterão pequenas fatias acionárias uma da outra como parte da parceria empate: Toyota, a segunda maior montadora do mundo por vendas de veículos no ano passado, terá uma participação de 5% na Mazda, ampliando seu domínio no setor automotivo japonês. A Mazda terá uma participação de 0,25% em sua concorrente maior.

A fábrica, que é de certa forma uma surpresa em um momento de excesso de capacidade de produção nos EUA, dará um impulso para o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, que fez campanha baseado em promessas de aumentar a produção e expandir os empregos para os trabalhadores do setor automobilístico norte-americano.

A fábrica terá capacidade de produzir 300 mil veículos por ano, com produção dividida entre as duas montadoras e empregando cerca de 4.000 pessoas. A unidade começará a operar em 2021.

A cooperação para veículos elétricos, enquanto isso, acontece à medida que a regulamentação endurece contra as emissões globais induzindo mais montadoras a desenvolver carros movidos a bateria, com o setor automotivo lutando com os altos custos de pesquisa e a concorrência intensa de empresas de tecnologia em relação a tecnologias como automóveis autônomos.

Como parte do acordo, a Toyota e a Mazda também vão trabalhar em conjunto para desenvolver tecnologias de informação nos carros e funções de direção autônoma.

Veja também

O homem que vai ao trabalho nadando 2 km em rio de metrópole alemã

Reuters Reuters - Esta publicação inclusive informação e dados são de propriedade intelectual de Reuters. Fica expresamente proibido seu uso ou de seu nome sem a prévia autorização de Reuters. Todos os direitos reservados.

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade
publicidade