PUBLICIDADE

Carnes: Rússia reabilita 12 plantas brasileiras para exportação

24 nov 2021 17h51
ver comentários
Publicidade

A Rússia reabilitou nesta semana mais 12 plantas frigoríficas brasileiras a exportar carne bovina e de suínos ao país a partir de amanhã. A informação consta de lista publicada no site oficial do Serviço Federal de Vigilância Veterinária e Fitossanitária do país (Rosselkhoznadzor) ontem. Na semana passada, após a abertura de nova cota para importação do produto brasileiro, o país já havia autorizado a retomada das exportações de duas unidades da Minerva Foods.

Desta vez foram ao todo três frigoríficos de carne bovina e nove de carne suína, que vão contar, porém, com um monitoramento laboratorial aprimorado. Isso significa que os embarques são possíveis desde que cada lote tenha uma amostra testada em laboratório antes da comercialização no país.

Agora a Rússia vai passar a receber a proteína bovina produzida por duas unidades da JBS em Mato Grosso do Sul, além de uma empresa da Mercúrio Alimentos, no Pará. Quanto à carne suína, receberam autorização três plantas da Seara - duas em Santa Catarina e uma no Rio Grande do Sul -, além de uma da JBS no Rio Grande do Sul, uma planta da Pamplona Alimentos em Santa Catarina e quatro frigoríficos da BRF, em Santa Catarina, Rio Grande do Sul, Mato Grosso e Goiás.

A medida veio na sequência do anúncio da abertura de uma cota de 300 mil toneladas de carne brasileira pela Rússia, com tarifa zero de importação por seis meses, conforme anunciado há uma semana pela ministra da Agricultura, Tereza Cristina.

Estadão
Publicidade
Publicidade