PUBLICIDADE

BV faz investimento no S3 Bank, de olho no mercado de banco como serviço

21 jan 2022 11h43
ver comentários
Publicidade

O BV (antigo Banco Votorantim) fez um investimento de valor não revelado no S3 Bank, plataforma de Bank as a service (BaaS) que oferece serviços de soluções financeiras e de pagamento. A operação deve impulsionar a presença do BV neste segmento, que tem ganhado as atenções de bancos tradicionais.

A instituição participou de uma rodada de captação do S3, e o investimento prevê uma possível compra do controle da companhia no futuro.

O BV pretende oferecer o produto do S3 a grandes e médias empresas que queiram criar uma conta digital para os clientes. A oferta vai incluir uma infraestrutura bancária já integrada às APIs (interface de programação, espécie de "fórmula" que determina o funcionamento de programas) do banco, além de atendimento de pós-venda.

"Estamos na liderança do mercado de plataforma no Brasil e movimentos como esse reforçam a nossa estratégia de evoluir e oferecer soluções cada vez mais completas aos nossos clientes corporativos", diz Flavio Suchek, diretor de novos negócios e empréstimos do BV. "O objetivo é oferecer uma jornada mais simplificada para que o cliente corporativo do BV tenha uma plataforma integrada de serviços financeiros com conta digital, cartão de débito e ofertas de crédito personalizadas de acordo com as necessidades do seu cliente final."

Atualmente, o BV já oferece uma plataforma de APIs para soluções de BaaS e de crédito ou investimento como serviço (CaaS e IaaS, respectivamente). Segundo o diretor de atacado do banco, Rogerio Monori, no último trimestre a instituição atingiu 133 milhões de transações em seu BaaS. Nos nove primeiros meses do ano, a alta foi de 339% em relação ao mesmo período de 2020.

"A operação une a credibilidade do BV com a tecnologia moderna do S3 Bank. Além de apoiar as corporações em sua jornada com conta digital, Pix, transferências, cobranças, pagamentos, cartões e outros meios transacionais, a ideia é ofertar uma plataforma one stop shop para toda a jornada de BaaS, permitindo uma rápida verticalização de novas soluções financeiras para a cadeia", diz Sergio Alves, CEO do S3 Bank.

O S3 vai utilizar os recursos da rodada de captação para contratar desenvolvedores e para investir em infraestrutura.

Estadão
Publicidade
Publicidade