0

Braskem reverte lucro e tem prejuízo de R$ 179 milhões no 4º trimestre

13 mar 2019
20h07
  • separator
  • 0
  • comentários

Com spreads menores, a Braskem reportou prejuízo líquido de R$ 179 milhões da controladora no quarto trimestre de 2018, revertendo lucro de R$ 313 milhões de um ano antes e de R$ 1,4 bilhão do terceiro trimestre de 2018. Em 2018 a companhia apresentou lucro líquido 30% menor, totalizando R$ 2,907 bilhões.

Entre outubro e dezembro, o Ebitda (lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização) ajustado da companhia atingiu R$ 1,907 bilhão, com retração de 35% no comparativo anual e queda de 47% em relação ao trimestre imediatamente anterior. A margem Ebitda caiu 10 pontos porcentuais (p.p.) em relação ao informado um ano antes, de 23% para 13%. Em setembro de 2018, a margem ficou em 22%. Em 2018, o Ebitda ajustado caiu 8%, para R$ 11,315 bilhões, com a margem recuando de 25% para 20%.

Em dólares, o Ebitda somou US$ 501 milhões, apontando queda de 45% nas duas bases de comparação, ante o trimestre anterior e no comparativo anual. No acumulado do ano, essa linha do Ebitda caiu 20%, para US$ 3,105 bilhões. Em comentários que acompanham o informe financeiro a empresa atribui a queda ao menor spread médio da indústria; e a taxa de operação inferior devido a questões operacionais e greve dos caminhoneiros. Neste cenário, o retorno sobre o fluxo de caixa livre foi de 19%.

A receita líquida cresceu 17% no trimestre no comparativo anual, para R$ 14,837 bilhões. Em relação ao trimestre imediatamente anterior, porém, foi registrado declínio de 9%. Em 2018, a receita líquida cresceu 18%, atingindo R$ 68,663 bilhões.

O resultado financeiro líquido consolidado no quarto trimestre ficou negativo em R$ 1,091 bilhão, 44% inferior à cifra negativa de R$ 1,939 bilhão no mesmo intervalo de 2017. O resultado, no entanto, é 17% maior que o resultado negativo de R$ 931 milhões do terceiro trimestre.

Em 2018, o resultado financeiro líquido consolidado foi negativo em R$ 4,651 bilhões, 18% maior que a performance negativa de R$ 3,942 bilhões informada em 2017.

Estadão
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade