0

Bolsas de NY fecham em alta e S&P 500 renova recorde após decisão do Fed

30 out 2019
17h32
  • separator
  • 0
  • comentários

As bolsas de Nova York fecharam em alta o pregão desta quarta-feira, com o S&P 500 novamente em recorde histórico de fechamento, após a coletiva do presidente do Federal Reserve (Fed, o banco central americano), Jerome Powell, sinalizar que a instituição pode realizar medidas adicionais de estímulo, ao contrário do que sugeria o comunicado da decisão, divulgado mais cedo.

O Dow Jones fechou em alta de 0,42%, a 27.186,69 pontos enquanto o S&P 500 subiu 0,33%, para 3.046,77 pontos, e o Nasdaq registrou alta de 0,33%, a 8.303,98 pontos. O índice de volatilidade VIX, considerado o "medidor de medo" de Wall Street, caiu 6,59%, a 12,33 pontos, no menor nível desde 29 de julho.

O comunicado de política monetária do Fed retirou a sinalização de que "vai agir" como apropriado para sustentar a expansão econômica. Agora, onde constava a expressão, o texto aponta que o Comitê Federal de Mercado Aberto (FOMC, na sigla em inglês) "vai continuar monitorando as implicações de novas informações para a perspectiva econômica à medida que avalia o nível apropriado para a taxa dos Fed funds".

A mudança sinalizou um tom menos "dovish" do comunicado, avalia o economista-chefe para Estados Unidos da High Frequency Economics, Jim O'Sullivan. No entanto, a coletiva de Powell mudou a interpretação da decisão nos mercados, que chegou a pressionar os principais índices nova-iorquinos. O presidente do Fed afirmou que a instituição continua comprometida em agir para sustentar a expansão econômica e que não vê altas de juros até que a inflação suba "significativamente".

Durante a manhã, investidores acompanharam a divulgação do Produto Interno Bruto (PIB) do terceiro trimestre, que surpreendeu a mediana das expectativas de 31 instituições consultadas pelo Projeções Broadcast ao subir 1,9% em termos anualizados. Detalhes, contudo, indicaram fraqueza especialmente dos investimentos das empresas.

O subíndice do setor de serviços básicos do S&P 500 liderou os ganhos (+0,87%), seguido pelo de saúde (+0,78%) e de tecnologia (+0,62%). O subíndice do setor industrial avançou 0,33%, influenciado pelo salto de 11,47% da ação da General Electric (GE), que divulgou balanço hoje. Após o fechamento, são esperados os resultados da Apple (-0,01%) e do Facebook (-0,56%).

Estadão
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade