0

Bolsas da Europa operam em alta com recuperação, mas Madri recua

12 out 2018
08h38
  • separator
  • comentários

As bolsas europeias operam em alta nesta sexta-feira, com recuperação após uma sessão anterior bastante negativa. Investidores monitoram indicadores e também balanços corporativos importantes do setor bancário dos Estados Unidos. Em Madri, porém, o setor elétrico pressiona, de olho nas negociações políticas locais.

Às 8h20 (de Brasília), o índice pan-europeu Stoxx 600 subia 0,63%, a 361,91 pontos.

Investidores acompanham as negociações da saída do Reino Unido da União Europeia, o Brexit, e o quadro na política da Itália, onde a proposta orçamentária recente do governo desagradou investidores. Na agenda de indicadores, a produção industrial da zona do euro cresceu 1,0% em agosto ante o mês anterior, o que superou a previsão de alta de 0,2% dos analistas. Na Alemanha, a inflação ao consumidor subiu 0,4% em setembro ante agosto, em linha com a previsão.

O setor bancário se saía bem hoje em geral na Europa, recuperando-se de quedas recentes e de olho em balanços de grandes bancos dos EUA hoje. O JPMorgan já divulgou resultados que agradaram, apoiando o avanço na Bolsa de Londres. O setor de energia também se saía bem, com Eni em alta de 0,61% em Milão e BP avançando 1,03% em Londres, apoiado pela força do petróleo.

Na Bolsa de Madri, porém, a fraqueza do setor elétrico pressiona. Segundo a imprensa espanhola, o setor reage mal às notícias de uma aliança entre o Partido Socialista Operário Espanhol (PSOE) e o Podemos para fechar uma proposta orçamentária para 2019. Entre as medidas contempladas está restringir os benefícios das empresas elétricas.

Às 8h25 (de Brasília), a Bolsa de Londres subia 0,72%, Frankfurt avançava 0,57% e Paris tinha alta de 0,71%. Milão tinha ganho de 0,67%, Madri caía 0,22% e Lisboa subia 0,85%. No câmbio, o euro caía a US$ 1,1580 e a libra recuava a US$ 1,3212.

Estadão

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade
publicidade