7 eventos ao vivo

Bolsas da Ásia sobem na maioria, mas Xangai recua em dia de dados da China

14 set 2018
06h20
  • separator
  • comentários

As bolsas da Ásia não tiveram sinal único nesta sexta-feira, mas Tóquio se destacou, com alta superior a 1%. O mercado de Seul avançou com ainda mais força, apoiado por ações do setor de tecnologia, que também tiveram bom desempenho em outros mercados do continente. Xangai, por outro lado, mostrou fraqueza, após dados da China e com investidores ainda de olho nos riscos das tensões comerciais com os Estados Unidos.

Na Bolsa de Tóquio, o índice Nikkei fechou em alta de 1,20%, em 23.094,67 pontos. Um quadro mais otimista ajudou vários mercados na Ásia, inclusive o japonês. A leitura um pouco mais fraca que o previsto ontem da inflação dos EUA ajudou, já que isso pode fazer o Federal Reserve (Fed, o banco central americano) não ter tanta pressa no aperto monetário no país. O índice Nikkei fechou em seu patamar mais alto desde o início de fevereiro. Entre os papéis mais negociados, Mizuho Financial Group subiu 0,83% e Mitsubishi UFJ avançou 0,98%.

Já a Bolsa de Xangai fechou em queda de 0,18%, em 2.681,64 pontos, e a de Shenzhen, de menor abrangência, caiu 0,78%, a 1.466,27 pontos. Air China recuou 0,55%, com a cautela sobre o comércio entre EUA e China ainda no radar. Papéis dos setores de petróleo e defesa não tiveram bons resultados em geral. Além disso, vários indicadores foram divulgados.

Dados oficiais mostraram que a produção industrial da China cresceu 6,1% em agosto, na comparação anual, acima da alta de 6,0% de julho e também da previsão dos analistas, de alta de 6,0%. As vendas no varejo chinês tiveram expansão anual de 9% em agosto, de 8,8% em julho e acima da previsão de avanço de 8,8%. Já os investimentos em ativos fixos em áreas não rurais cresceram 5,3% entre janeiro e agosto, no confronto ante igual período de 2017, o resultado mais fraco desde 1992 e inferior à expectativa de alta de 5,5%.

Em Hong Kong, o índice Hang Seng teve ganho de 1,01%, a 27.286,41 pontos. Tencent foi destaque, em alta de 1,9%, enquanto as seguradoras registraram também um bom desempenho.

Na Coreia do Sul, o índice Kospi avançou 1,40%, a 2.318,25 pontos. Samsung puxou a alta, ao subir 4,1%, com a fabricante de microchips Hynix fechando com ganho de 4,6%. Papéis do setor de construção também se saíram bem.

Em Taiwan, o índice Taiex subiu 1,31%, a 10.868,14 pontos. O setor de tecnologia se destacou. Entre as ações em foco, Taiwan Semi teve ganho de 2,4% e Largan, de 7,2%. Fornecedora da Apple, Hon Hai subiu 2,5%.

Na Oceania, na Bolsa de Sydney o índice S&P/ASX 200 fechou em alta de 0,60%, em 6.165,30 pontos. Entre os papéis mais negociados, Myer Holdings subiu 4,39%, mas Australian Mines recuou 6,12%.

Estadão Conteúdo

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade
publicidade