0

Bolsas asiáticas sobem na esteira de NY e com melhor perspectiva para Brexit

12 mar 2019
06h10
  • separator
  • 0
  • comentários

As bolsas asiáticas fecharam em alta nesta terça-feira, após o desempenho positivo dos mercados acionários de Nova York ontem e notícias de que o Reino Unido conseguiu apoio de última hora da União Europeia para mudanças no acordo de Brexit.

Principal índice acionário chinês, o Xangai Composto subiu 1,10% hoje, a 3.060,31 pontos. Já o menos abrangente Shenzhen Composto, que é em boa parte formado por startups com menor valor de mercado, avançou 1,68%, a 1.695,81 pontos, renovando máxima em nove meses. Em Hong Kong, o Hang Seng teve alta de 1,46%, a 28.920,87 pontos.

Nos negócios de segunda-feira, as bolsas americanas se recuperaram e interromperam uma sequência de cinco pregões negativos, graças a fortes ganhos de ações de tecnologia. Dados melhores do que o esperado de vendas no varejo dos Estados Unidos também contribuíram para a confiança em Wall Street, após uma série recente de indicadores decepcionantes.

No rastro de Nova York, os papéis de tecnologia contribuíram para a valorização de várias bolsas asiáticas nesta terça. Foi o caso do japonês Nikkei, que subiu 1,79% em Tóquio, a 21.503,69 pontos, também sustentado por ações financeiras; do sul-coreano Kospi, que avançou 0,89% em Seul, a 2.157,18 pontos; e do Taiex, que registrou alta de 0,91% em Taiwan, a 10.343,33 pontos, impulsionado por fornecedores da Apple.

Investidores na Ásia também acompanham de perto o noticiário sobre o Brexit, como é conhecido o processo para que o Reino Unido se retire da União Europeia. Ontem, foi anunciado que a primeira-ministra britânica, Theresa May, obteve concessões de última hora no acordo de Brexit que negociou com a UE. A revisão aumenta as chances de que o acordo seja aprovado em votação a ser realizada hoje pelo Parlamento britânico, o que evitaria uma ruptura desorganizada do Reino Unido com a UE. A data final para que o Brexit seja implementado é dia 29.

Na Oceania, a bolsa australiana destoou da Ásia pelo segundo dia consecutivo, pressionada por ações de grandes bancos domésticos e ligadas a consumo. O S&P/ASX 200 caiu 0,09% em Sydney, a 6.174,80 pontos, em sua terceira sessão negativa. Com informações da Dow Jones Newswires.

Estadão
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade