Amazon atrasa Black Friday para não prejudicar lojas menores

Amazon francesa cede a pressões do ministro das Finanças da França, Bruno Le Maire, que pediu que supermercados e varejistas online atrasassem promoções de Black Friday para equiparar a concorrência com as lojas de bens não essenciais que permanecerão fechadas durante o lockdown.

Reuters Reuters
Publicidade

Vídeos relacionados

Recomendado para você

Publicidade