PUBLICIDADE

Black Friday 2021 tem tendências bem particulares (e novas)

Mas algumas dicas são importantes para quem quer vender mais e melhor diante das novas tendência para este Black Friday.

11 nov 2021 08h00
ver comentários
Publicidade
80% dos consumidores pretendem realizar novas compras através de canais de venda como WhatsApp ou redes sociais
80% dos consumidores pretendem realizar novas compras através de canais de venda como WhatsApp ou redes sociais
Foto: Justynafaliszek / Pixabay

A Black Friday vem aí! Considerada a segunda data que mais movimenta o comércio brasileiro, a expectativa é que a edição deste ano seja ainda mais rentável que a anterior. Em 2020, as vendas ultrapassaram R$ 5,1 bilhões, um crescimento de 31% em comparação a 2019, segundo dados da Neotrust/Compre&Confie. Para 2021, o varejo deve movimentar R$ 110 bilhões de reais, de acordo com levantamento da E-bit/Nielsen.

Diante disso, é importante que as empresas se preparem para garantir a melhor e mais segura experiência aos consumidores. Afinal, muito mais do que investir em marketing, é preciso ter um olhar atento na infraestrutura de tecnologia do seu e-commerce para garantir bons resultados. E nessa hora, a Inteligência Artificial Conversacional pode ajudar muito.

Segundo a Pesquisa Retomada do Consumo 2021 para Inteligência de Mercado Globo, desenvolvida pelo Behup, 80% dos consumidores pretendem realizar novas compras através de canais de venda como WhatsApp ou redes sociais de loja e 88% pretendem participar de live-commerces

Ou seja, se a sua empresa deseja falar a mesma língua da inovação, apostar na tecnologia em canais conversacionais pode ser um diferencial no aumento das vendas na Black Friday.

De acordo com uma pesquisa realizada pela Sinch, 27% dos entrevistados pagam uma conta em tempo real por mensagem móvel, enquanto outros 73% consideram útil ter essa possibilidade, portanto, o uso de ferramentas móveis pode impactar pequenas e grandes empresas devido à facilidade de uso.

Opinião de Gabriel Drummond, COO e cofundador da Intelipost, sobre as tendências da Black Friday:

Para ajudar com essa questão, a Sinch, empresa de comunicação em nuvem, separou algumas dicas para ajudar as pequenas empresas a aumentarem os lucros em uma das datas mais importantes do varejo:

1. Mantenha um atendimento próximo com seu consumidor

Ter um relacionamento e falar “a língua” do seu cliente é fundamental para se aproximar dele – principalmente em datas como a Black Friday. Com a tecnologia conversacional, é possível proporcionar essa experiência utilizando o Processamento de Linguagem Natural. 

Através dele, você aprimora a comunicação dos bots com seu consumidor, tornando-a mais próxima, sem deixar de lado a otimização que a tecnologia oferece.

Por exemplo: a partir da solução Chatlayer, disponibilizada pela Sinch, é possível interagir com chatbots inteligentes, que se comunicam como seres humanos, e não perceber a diferença. Por meio de uma comunicação fluida e intuitiva, o assistente virtual com inteligência artificial visa interagir com o consumidor de forma personalizada ao longo de sua jornada (conhecimento, consideração, conversão, pós-conversão e retenção), esclarecendo dúvidas, auxiliando em processos específicos e capturando oportunidades de negócios de forma automatizada, permitindo maior escalabilidade para as empresas.

2. Esteja em todos os canais que seu consumidor está

O bate-papo com os clientes em seus aplicativos favoritos como WhatsApp, SMS, Google RCS, Apple Business Chat, Facebook ou Instagram pode ajudar empresas a terem mais conversões. Estando disponível a qualquer momento, agilizando chats com sugestões de respostas, otimizando todo o processo do cliente e serviço e resolvendo automaticamente as dúvidas mais comuns.

3. Otimize o atendimento ao cliente

Períodos de alta procura como a Black Friday demandam um acompanhamento integral e disponível 100% do tempo. Com os chatbots, isso pode ser possível. Com esse recurso é viável oferecer um atendimento 24 horas por dia e 7 dias por semana.

E, para demandas específicas, onde seja necessário a interligar o bot com agentes humanos, tenha ferramentas que façam essa conexão rapidamente, como é o caso do Contact Pro. Essa ferramenta omnichannel com interações com chatbot e os principais CRMs do mercado, tem priorização de filas de espera entre departamentos, relatórios customizáveis para acompanhamento de cada operação.

4. Invista no pós-venda

Segundo dados da empresa de consultoria McKinsey, 70% da experiência de compra do cliente baseia-se na forma como ele é tratado. Por isso, já pensar no pós-venda é essencial para garantir o sucesso da sua Black Friday. 

Por isso, invista em canais conversacionais tanto para a data, quanto para o pós, tornando a jornada de compra do consumidor mais completa.

Homework Homework
Publicidade
Publicidade