PUBLICIDADE

Aprenda como lidar com seus impulsos na Black Friday

Nessa Black Friday quem fala mais alto, o desejo de consumir ou a necessidade de ter cautela com as finanças?

19 nov 2021 08h00
| atualizado às 17h18
ver comentários
Publicidade
Mari Ferreira dá as dicas de como comprar com segurança e consciência nesta Black Friday
Mari Ferreira dá as dicas de como comprar com segurança e consciência nesta Black Friday
Foto: Cris Santoro

Desejo e necessidade caminham juntos quando analisamos um orçamento. O gasto com vestimenta, restaurante, viagem e reforma, parece ter o mesmo peso e urgência que mercado, aluguel e transporte, para algumas pessoas. Isso porque estamos inseridos em uma sociedade que incentiva o consumo e banaliza o planejamento. 

“Poupar pra quê, se nem sei se estarei vivo amanhã?” Com esse pensamento ganhando tanto espaço, enquanto a expectativa de vida aumenta, corre-se o risco de viver muito tempo, com pouquíssima grana. Afinal, quem vai cuidar do nosso futuro, se não nós mesmos?

As ofertas da Black Friday podem ser aproveitadas sim, mas recomendo atenção para não acabar gastando com itens desnecessários, pelo impulso, com a propaganda gritando que é uma promoção imperdível, que acaba em 2 horas. Afinal, essa é a tática: oferecer muitas opções, apresentar “grandes” descontos e dar pouco tempo pra decidir.

Como controlar o impulso na Black Friday: dicas de Mari Ferreira:

Como sei que essa é uma época muito esperada do ano, vamos às dicas de como comprar com segurança e consciência:

  • - Defina agora o que você precisa, separando desejo de necessidade para priorizar o que será comprado;
  • - Pesquise já os preços para comparar no dia se os descontos são verdadeiros;
  • - Não compre em lojas desconhecidas ou através de links suspeitos que receber;
  • - Veja com seu banco como usar o cartão de crédito virtual, que tem numeração temporária, só pra fazer aquela compra, assim você diminui muito a probabilidade de fraude de seu cartão;
  • - Analise seu orçamento a fim de entender se a compra à vista ou parcelada vai caber tranquilamente. Aqui não considere só suas despesas fixas, passe um pente fino em todos os seus gastos, não deixando de considerar que poupar deve ser uma prioridade no orçamento também;
  • - Por último, lembre-se que as festas de fim de ano estão chegando e é um tempo em que se costuma gastar além do normal. E depois disso vem janeiro e todas as despesas de início de ano! Coloque-as no papel para ver se as compras da Black Friday realmente cabem no orçamento atual e futuro. 

Essa projeção é muito importante quando falamos sobre compras no crédito, já que sua capacidade de pagamento de hoje não define totalmente como estarão suas condições em um mês ou dois. E quando falamos em parcelamento a perder de vista, então, é bom calcular certinho.

Resistir aos desejos impulsivos é um passo rumo à educação financeira. Mantenha o foco em comprar só o necessário para encontrar a prosperidade que sempre desejou.

(*) Mari Ferreira é especialista em educação financeira, consultora, palestrante, criadora de conteúdo e autora do livro “Tostão Furado: Do Zero à Liberdade Financeira”.

Homework Homework
Publicidade
Publicidade