0

Atraso na entrega do iPhone X pode prejudicar a Apple no trimestre das compras de Natal

13 set 2017
13h49
atualizado às 17h07
  • separator
  • comentários

O aguardado iPhone X, da Apple, apresenta uma série de inovações, mas o atraso na disponibilidade dos aparelhos pode afetar as vendas do quarto trimestre do ano.

Lançamento do iPhone X em evento da Apple em Cupertino, Estados Unidos
12/09/2017 REUTERS/Stephen Lam
Lançamento do iPhone X em evento da Apple em Cupertino, Estados Unidos 12/09/2017 REUTERS/Stephen Lam
Foto: Reuters

O badalado evento de terça-feira revelou três novos telefones, um relógio avançado que pode receber chamadas e uma nova Apple TV, mas os fãs não poderão colocar as mãos no iPhone X, top de linha, até 3 de novembro - muito depois da data do início das entregas do iPhone 8, em 22 de setembro.

A demora na entrega do iPhone X pode prejudicar as vendas da Apple no forte trimestre de vendas de Natal, uma vez que as encomendas são empurradas para o trimestre seguinte. O telefone terá preço inicial de 999 dólares para a versão de 64 GB.

Embora esteja equipado com tecnologia de reconhecimento facial, vidro dianteiro e traseiro, tela sem bordas de 5,8 polegadas, carregamento sem fio e emojis animados, alguns analistas disseram que o atraso afeta as vendas no curto prazo e alguns ajustaram suas estimativas.

"Considerando que o iPhone X terá um mês de vendas a menos durante o trimestre de dezembro, reduzimos nossas estimativas de vendas de iPhone para o período de 84 milhões para 79 milhões de unidades", escreveram analistas da Canaccord Genuity em uma nota de cliente.

Os iPhones 8 e 8 Plus, apresentados na terça-feira, não avançaram muito em relação aos modelos anteriores, com novas características modestas, como um corpo de vidro, carregamento sem fio, melhor câmera e um processador mais rápido. Isso poderia levar os consumidores a aguardar o iPhone X.

"Nenhuma das características do produto da versão 8 provavelmente acelerará a demanda", escreveram analistas do Mizuho.

A Apple normalmente lança novos iPhones em setembro, com um grande salto nas vendas no último trimestre do ano, já que os usuários tendem a atualizar os dispositivos quando os novos telefones apresentam mudanças significativas no design.

A Apple registrou forte aumento das vendas com a introdução do iPhone 6 em 2015.

Embora o atraso do iPhone X possa prejudicar as vendas a curto prazo, os analistas ainda acreditam que os fãs leais da Apple esgotarão os estoques do novo telefone, aumentando as vendas para o ano fiscal de 2018.

Reuters Reuters - Esta publicação inclusive informação e dados são de propriedade intelectual de Reuters. Fica expresamente proibido seu uso ou de seu nome sem a prévia autorização de Reuters. Todos os direitos reservados.

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade
publicidade