2 eventos ao vivo

Após restrições à Huawei, China diz que EUA precisam mostrar sinceridade para negociações

Segundo autoridade do Partido Comunista chinês, guerra comercial com os Estados Unidos pode reduzir o ritmo de crescimento em 1 ponto porcentual neste ano

17 mai 2019
11h04
atualizado às 11h55
  • separator
  • comentários

PEQUIM - Os Estados Unidos precisam mostrar sinceridade para manter as negociações comerciais substanciais, disse o porta-voz do Ministério das Relações Exteriores chinês, Lu Kang, nesta sexta-feira, 17. A afirmação veio após o presidente norte-americano, Donald Trump, adicionar a gigante chinesa de tecnologia Huawei a uma lista de restrições comerciais que pode dificultar negociações com empresas americanas.

Questionado sobre as notícias que sugerem que não haverá mais discussões entre os dois países, Lu Kang disse que a China sempre encorajou a resolução das disputas com diálogo e consultas."Mas devido a certas coisas que o lado dos EUA têm feito durante as consultas comerciais anteriores entre China e EUA, acreditamos que se houver sentido nessas negociações precisa haver uma demonstração de sinceridade", disse a repórteres.

Os EUA deveriam observar os princípios de respeito mútuo, igualdade e benefício mútuo, e também precisam manter sua palavra, disse Lu, sem dar mais detalhes.

As duas maiores economias do mundo estão travadas em uma disputaque levou à adoção de tarifas sobre os produtos um do outro em meio às negociações, ampliando os temores sobre os riscos ao crescimento global e afetando os mercados financeiros.

Uma autoridade do Partido Comunista da China disse que a guerra comercial pode reduzir o ritmo de crescimento em ao menos 1 ponto porcentual neste ano, informou o jornal South China Morning Post nesta sexta-feira, citando uma fonte que não foi identificada.

Segundo o jornal, Wang Yang, membro do Comitê Permanente do Partido Comunista chinês, afirmou a uma delegação de empresários de Taiwan,cujas empresas estão sediadas na China, que o pior cenário da guerra comercial era de uma queda de 1 ponto porcentual no crescimento do PIB este ano. Pequim determinou uma meta de crescimento de entre 6% e 6,5% para 2019.

As medidas de restrições à fabricante de equipamentos de telecomunicações Huawei Technologies Co Ltd foram impostas porque os EUA acreditam que os smartphones e equipamentos de rede da empresapoderiam ser usados ??pela China para espionar os americanos, alegações que a empresa negou repetidamente.

Estadão
  • separator
  • comentários
publicidade