1 evento ao vivo

Amazon e Netflix impulsionam 2º dia de ganhos em Wall St

7 jan 2019
19h27
atualizado às 20h27
  • separator
  • 0
  • comentários

As ações da Amazon.com e do Netflix impulsionaram pela segunda sessão seguida os ganhos em Wall Street nesta segunda-feira, com a retomada das negociações comerciais entre China e Estados Unidos ajudando a acalmar as preocupações que derrubaram os mercados nos últimos meses.

Traders work on the floor of the New York Stock Exchange (NYSE) in New York, U.S., January 7, 2019. REUTERS/Brendan McDermid - RC1FE8100A40
Traders work on the floor of the New York Stock Exchange (NYSE) in New York, U.S., January 7, 2019. REUTERS/Brendan McDermid - RC1FE8100A40
Foto: Reuters

O índice Dow Jones subiu 0,42 por cento, para 23.531 pontos; o S&P 500 ganhou 0,70 por cento, a 2.549 pontos, enquanto o Nasdaq avançou 1,26 por cento, a 6.823 pontos.

O ganho do S&P 500 veio após o avanço de 3,4 por cento de sexta-feira, quando dados fortes do mercado de trabalho dos EUA reduziram preocupações com a economia e comentários chairman do Federal Reserve amenizaram receios de alta das taxas de juros.

Os temores de desaceleração global levaram a uma forte retração nos mercados e das estimativas dos analistas para o crescimento das empresas nos últimos meses. Mas após atingir uma baixa de 20 meses na véspera de Natal, o S&P ganhou mais de 9 por cento.

A China tem "boa-fé" para trabalhar com os Estados Unidos para resolver atritos comerciais, disse o ministro das Relações Exteriores da China, enquanto o secretário de Comércio dos EUA, Wilbur Ross, disse que "tem uma chance muito boa de conseguirmos um acordo razoável", nas primeiras negociações cara a cara desde uma trégua de 90 dias foi acordada em dezembro.

"O principal é o progresso implícito do governo nas negociações com a China. Isso é algo que o mercado considera muito importante", disse Rick Meckler, sócio da Cherry Lane Investments em New Vernon, Nova Jersey.

Nove dos 11 principais setores de S&P fecharam em alta. O índice de consumo discricionário liderou, com um salto de 2,36 por cento, puxado pela alta de 3,44 por cento da Amazon. Isso levou a varejista online a se tornar a maior empresa de Wall Street, com valor de mercado de 797 bilhões de dólares, superando a Microsoft, que alcançou 784 bilhões de dólares, após alta de 0,13 por cento.

O serviço de streaming de vídeo Netflix, segundo maior responsável pelo alta do S&P 500 na segunda-feira, subiu 5,97 por cento.

Essas e outras empresas de alta tecnologia e de consumo se recuperaram após cairem acentuadamente no fim de 2018.

"O noticiário de sexta-feira foi positivo e os participantes do mercado estão mais confiantes", disse Tom Martin, gerente de portfólio da Globalt Investments em Atlanta.

Reuters Reuters - Esta publicação inclusive informação e dados são de propriedade intelectual de Reuters. Fica expresamente proibido seu uso ou de seu nome sem a prévia autorização de Reuters. Todos os direitos reservados.
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade