PUBLICIDADE

Alemanha multa Citigroup por falhas em controle de sistema de negociação

20 jun 2024 - 12h57
Compartilhar
Exibir comentários

A Alemanha multou o Citigroup em quase 13 milhões de euros (13,94 milhões de dólares) por falhas nos controles de seu sistema de negociação, informou o órgão regulador bancário do país nesta quinta-feira.

A penalidade, a maior já aplicada nesses casos, está relacionada a um erro ocorrido em 2022, envolvendo 1,4 bilhão de dólares em ordens de venda equivocadas de ações, um evento que irritou os mercados e pelo qual o Citigroup já havia sido multado em 61,6 milhões de libras (78,24 milhões de dólares) pelas autoridades britânicas em maio.

Em 2 de maio de 2022, o Citi processou uma ordem de 444 bilhões de dólares que deveria corresponder a apenas 58 milhões de dólares, gerando 1,4 bilhão de dólares em ordens de venda equivocadas, de acordo com as conclusões dos órgãos reguladores britânicos.

Autoridades do Reino Unido e da Alemanha disseram que o engano foi um erro de entrada de um único operador, conhecido como erro de "dedo gordo".

O órgão regulador alemão BaFin afirmou que o Citigroup Global Markets Europe AG "não conseguiu garantir que ordens errôneas não fossem transmitidas".

O Citigroup, em Frankfurt, disse ter tomado "medidas para fortalecer nossos sistemas e controles, e continua empenhado em garantir a total conformidade com a regulamentação".

"Estamos satisfeitos em resolver essa questão de mais de dois anos atrás, que se originou de um erro individual que foi identificado e corrigido em minutos", afirmou o Citigroup.

Reuters Reuters - Esta publicação inclusive informação e dados são de propriedade intelectual de Reuters. Fica expresamente proibido seu uso ou de seu nome sem a prévia autorização de Reuters. Todos os direitos reservados.
Compartilhar
TAGS
Publicidade
Seu Terra












Publicidade