1 evento ao vivo

AgRural: plantio de soja chega a 71% da área prevista

9 nov 2018
17h46
  • separator
  • comentários

São Paulo, 09 - O plantio de soja da safra 2018/19 avançou 11 pontos porcentuais na última semana e alcançou 71% da área prevista, de 35,8 milhões de hectares, disse nesta sexta-feira, 9, a AgRural. Os números fazem da semeadura desta temporada a mais rápida "da história", segundo a consultoria. Há um ano, os trabalhos chegavam a 57% da área prevista; a média dos últimos cinco anos foi de 54%.

O cultivo está mais adiantado em Mato Grosso, onde já foi realizado em 96% da terras, ritmo também recorde. Um ano atrás, alcançava 79% da área do Estado. "As chuvas estão favoráveis e as lavouras se desenvolvem bem. Em Nova Mutum, no médio norte, a expectativa é de que as primeiras áreas sejam colhidas na semana de 20 de dezembro", disse a AgRural em nota.

Em Mato Grosso do Sul, 93% da área está plantada, contra 91% de igual período do ano passado. O tempo mais firme, depois do excesso de chuvas em outubro, tem favorecido a finalização do plantio, segundo a consultoria. Em Goiás, 88% da área a ser destinada para soja recebeu sementes até quinta-feira (8), contra 53% há um ano e 60% na média de cinco anos.

No Paraná, produtores estão aproveitando o tempo mais firme para tentar compensar o atraso provocado pelas chuvas de outubro. Até quinta, a semeadura chegava a 79% da área de soja prevista, levemente atrasada em relação aos 80% da mesma época de 2017. No oeste paranaense, a semana com sol e boa luminosidade vem favorecendo o desenvolvimento da soja, conforme a consultoria.

No Rio Grande do Sul, o plantio da oleaginosa chega a 39%, adiantado em comparação aos 31% de igual período de 2017. "As chuvas deram uma trégua e permitiram o avanço das máquinas, mas a umidade alta herdada da semana passada tem resultado em tombamento e pode haver replantio em alguns pontos", informou a consultoria. Também pode ser necessário replantio pontual na região de Campos Novos, em Santa Catarina, em função de as precipitações de uma semana atrás terem levado embora sementes de áreas recém-plantadas. No Estado, 40% da área estimada foi semeada, contra 44% há um ano.

No Matopiba (Maranhão, Tocantins, Piauí e Bahia), as chuvas, ainda que irregulares, têm garantido umidade suficiente para os trabalhos de cultivo, que estão adiantados ante igual período do ano passado. No Maranhão e em Tocantins, alcançam 29% da área prevista; no Piauí, 18%; e na Bahia, 36%.

A AgRural informou ainda que em São Paulo a soja foi semeada em 93% da área estimada; em Minas Gerais, 77%; no Pará, 18%; e em Rondônia, 85%.

Estadão Conteúdo

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade
publicidade