PUBLICIDADE

Netflix cancela 'Os Irregulares de Baker Street'

Plataforma de streaming não emitiu comunicado sobre o final da série, mantendo a preferência de não alardear seus fracassos

6 mai 2021 20h04
| atualizado em 7/5/2021 às 10h30
ver comentários
Publicidade

A Netflix cancelou a série Os Irregulares de Baker Street (The Irregulars) após apenas uma temporada.

Netflix cancela 'Os Irregulares de Baker Street'
Netflix cancela 'Os Irregulares de Baker Street'
Foto: Divulgação/Netflix / Pipoca Moderna

Lançada em 26 de março, a série tinha ligação com o universo de Sherlock Holmes, mas não trazia o detetive como protagonista, focando-se no grupo do título, meninos de rua recrutados pelo Dr. Watson para ajudar na resolução de mistérios após Sherlock Holmes ficar incapacitado.

O grupo não era invenção recente como "Enola Holmes", mas personagens do escritor Arthur Conan Doyle, criador de Sherlock Holmes. Os "Irregulares" apareceram nos livros do detetive publicados no final do século 19 como versões alternativas dos delinquentes dickensianos de "Oliver Twist". Eram trombadinhas que trabalhavam como espiões de Sherlock Holmes em troca de moedas, liderados por um menino mais velho chamado Wiggins.

Eles apareceram pela primeira vez em Um Estudo em Vermelho (1887) e ganharam mais destaque no romance seguinte, O Signo dos Quatro (1890), que trazia um capítulo intitulado Os Irregulares de Baker Street, que batiza a série.

Só que a atração da Netflix tomou grande liberdade em relação à versão literária para incluir mulheres e minorias raciais entre os detetives amadores, além de preferir tramas de terror aos mistérios de crimes que geralmente eram investigados por Holmes. Além disso, os jovens assumem os papéis de detetives e não apenas de fonte de informações, enquanto Holmes tem sua reputação questionada.

Outra mudança levada adiante, cada vez mais comum nas produções atuais, foi a troca na raça de um dos protagonistas. O Dr. Watson, parceiro constante de Sherlock Holmes, era interpretado por um ator negro na série, criada pelo roteirista Tom Bidwell (criador de "My Mad Fat Diary").

O elenco trazia Henry Lloyd-Hughes ("O Cavalo Amarelo") como Sherlock, Royce Pierreson ("The Witcher") como Watson, Aidan McArdle ("O Gênio e o Louco") como Inspetor Lestrade e os jovens Thaddea Graham ("Carta ao Rei"), Darci Shaw ("Judy: Muito Além do Arco-Íris"), Jojo Macari ("Sex Education"), McKell David ("Snatch: Um Novo Golpe") e Harrison Osterfield ("Mundo em Caos") como os Irregulares.

Como é costume, a Netflix não emitiu comunicado sobre o final da série, mantendo a preferência de não alardear seus fracassos. Mesmo assim, seria curioso saber o que motivou o fim da produção, já que em sua estreia ela chegou a aparecer no Top 10 das atrações semanais mais vistas da consultoria Nielsen - à frente de Falcão e o Soldado Invernal.

Veja também:

Nomadland mereceu o Oscar de Melhor Filme?:

Pipoca Moderna Pipoca Moderna
Publicidade
Publicidade