PUBLICIDADE

Gravações de "Star Trek: Picard" são suspensas com mais de 50 casos de covid-19

6 jan 2022 21h33
ver comentários
Publicidade
Foto: Divulgação/Paramount+ / Pipoca Moderna

As gravações da 2ª temporada de "Star Trek: Picard" encontram-se suspensas desde a última segunda-feira (3/5) por conta de um surto de covid-19 nos bastidores.

A contaminação coletiva é uma das maiores já registradas numa produção americana. Segundo informações do The Hollywood Reporter, mais de 50 pessoas envolvidas na produção testaram positivo para o coronavírus no dia que marcou o retorno ao trabalho após o recesso do fim de ano.

"Star Trek: Picard" também tem uma das maiores equipes de produção da plataforma Paramount+, com mais de 450 funcionários.

A contaminação do set reflete o aumento da pandemia nos EUA. A variante ômicron resultou no registro recorde de mais de 1 milhão de casos de covid-19 em um único dia, segundo dados da Universidade Johns Hopkins compartilhados na mesma segunda-feira. Além disto, nesta quinta (6/1), a cidade de Los Angeles, onde "Picard" é produzido, também bateu seu recorde de contaminação com 37 mil novos casos registrados no dia.

Várias outras produções anunciaram paralisação após tentar retomar os trabalhos nesta semana. Sets de "Grey's Anatomy", "NCIS", "Station 19" e "Chicago Fire", entre outros, também foram fechados após integrantes da produção testarem positivo para covid-19.

Pipoca Moderna Pipoca Moderna
Publicidade
Publicidade