PUBLICIDADE

"Gentefied" é cancelada após duas temporadas

15 jan 2022 19h24
ver comentários
Publicidade
Foto: Divulgação/Netflix / Pipoca Moderna

A Netflix cancelou "Gentefied", dois dois meses após o lançamento da 2ª temporada da série.

Elogiada pela autenticidade de sua representação latina, a série nunca apareceu no Top 10 da Netflix e isso provavelmente desempenhou um papel na decisão de cancelamento.

"Gentefied" era adaptação de uma web-série de 2017 e foi desenvolvida pelos criadores da atração original, Marvin Lemus e Linda Yvette Chávez, escritores chicanos de primeira geração, e produzida pela atriz America Ferrera ("Superstore").

Passada em Los Angeles, a trama girava em torno de três primos latinos (Karrie Martin, JJ Soria e Carlos Santos) em busca do sonho americano, enquanto esse mesmo sonho ameaçava tudo que eles mais prezavam: seu bairro, o avô imigrante (Joaquín Cosio) e a loja de tacos da família.

Entre os temas abordados estavam identidade, classe e preconceito. E a produção ainda teve uma história real trágica de bastidores.

Camila María Concepción, ativista trans que estava iniciando a carreira como roteirista em "Gentefied", suicidou-se aos 28 anos, logo após o lançamento da série, por sofrer na própria pele tudo aquilo que a trama apontava.

Em uma emocionada carta aberta aos fãs, postada no Instagram, a cocriadora Linda Yvette Chávez destacou os "pequenos atos de amor revolucionário" que a ajudaram a abraçar sua herança mexicana e luta por representatividade na frente e atrás das câmeras, falou dos milhões que 'Gentefied' alcançou em todo o mundo, "milhões que viram a si mesmos e suas famílias na tela pela primeira vez", e cutucou os famosos "algoritmos da Netflix".

"Métricas e algoritmos nunca medirão o verdadeiro impacto do que fizemos aqui", escreveu Chávez. "Não deixe ninguém te dizer que não tivemos sucesso. Atravessamos uma parede de tijolos e nos demos a conhecer. Isso é muito sucesso para mim."

Pipoca Moderna Pipoca Moderna
Publicidade
Publicidade