0

Família real britânica estaria horrorizada com 'The Crown'

A 4ª temporada da série da Netflix retrata o relacionamento extraconjugal de Charles com Camila Parker Bowles

18 nov 2020
21h10
atualizado em 27/11/2020 às 11h33
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator

A estreia da 4ª temporada de The Crown, que aconteceu no último domingo (15/11) na Netflix, teria horrorizado a família real britânica, que viu retratada na tela a fase mais conturbada de sua história recente.

Família real britânica estaria horrorizada com 'The Crown'
Família real britânica estaria horrorizada com 'The Crown'
Foto: Netflix/Divulgação / Pipoca Moderna

Ambientados no começo dos anos 1980, os novos episódios apresentaram bastidores pouco lisonjeiros do casamento tumultuado do príncipe Charles e da princesa Diana. A forma como Charles é lembrado não podia ser mais terrível, mas até a abordagem de Diana, que tem uma representação benigna, causou polêmica por incluir cenas escatológicas de bulimia.

O fato é que a Rainha Elizabeth II e seu marido, o Duque de Edimburgo, estão com raiva da série desde a estreia, o que piorou ainda mais na 2ª temporada, que mostrou Philip tendo um caso com uma bailarina.

Nada aconteceu na ocasião, mas agora há o fato de o príncipe Harry ter fechado um contrato milionário com a Netflix, "a empresa que está por trás de tudo isso". A família real também não estaria nada satisfeita com esse negócio.

Embora a realeza não tenha se manifestado oficialmente, várias fontes supostamente próximas foram citadas para justificar uma coleção de manchetes bombásticas que lotaram as bancas do Reino Unido no começo da semana.

Segundo o jornal Times, amigos do príncipe William disseram que o filho de Charles e Diana considerou a série "profundamente intrusiva" por criar uma "visão perversa e nojenta dos membros mais importantes da família real britânica".

"Eles estão explorando os meus pais para ganhar dinheiro", teria dito William, acrescentando que Charles e Lady Diana Spencer foram "apresentados de uma forma falsa e simplista".

O jornal Daily Mail, por sua vez, citou amigos próximos de Charles para afirmar que a série "ressuscitou coisas que aconteceram durante tempos muito difíceis, 25 ou 30 anos atrás, sem pensar nos sentimentos de ninguém".

Um dos principais motivos de desconforto é a forma como a infidelidade de Charles, em seu relacionamento extraconjugal com Camilla Parker Bowles, foi mostrada. "Isso não é certo ou justo, especialmente quando muitas das coisas que estão sendo retratadas não representam a verdade. Isso é trollagem com orçamento de Hollywood", acusou um dos amigos inomináveis.

Uma das poucas pessoas a assumir seus comentários foi a biógrafa real Penny Junor, que disse ao jornal The Times que Charles ficaria "extremamente chateado" com uma cena em particular, quando seu tio-avô, o lorde Mountbatten, diz que a família real estava decepcionada com o relacionamento do príncipe com Camilla. "É o retrato mais cruel, injusto e horrível de quase todos eles. [O showrunner Peter] Morgan inventou coisas para fazer um drama caro", acusou a escritora. Para ela, a rejeição escancarada da atual esposa do sobrinho-neto por Mountbatten "não é historicamente precisa".

Outras cenas não teriam acontecido na vida real, como o momento em que Charles grita com Diana e assume que sempre será apaixonado por Camilla e a sequência em que a "princesa do povo" confronta o futuro marido durante o ensaio para o casamento.

O ex-assessor real Dickie Arbiter comentou para o Daily Mail que os monarcas estão "bastante acostumados a serem retratados" para fins de entretenimento. A questão que os preocupa é que nem todo espectador de The Crown perceberá que as cenas não são uma descrição precisa dos eventos.

Mas será que não são mesmo? O antigo mordomo da princesa Diana, Paul Burrell, elogiou a produção para o mesmo jornal e disse que é "é a melhor série já feita até agora, porque mostra a verdade em uma dramatização precisa do que realmente aconteceu".

"Esta é apenas uma espiada atrás das portas do Palácio de Buckingham, que o palácio talvez não queira que você veja", acrescentou.

Veja também:

Bom dia, Verônica: elenco discute violência doméstica
Pipoca Moderna Pipoca Moderna
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade